escritório

escritório

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

FUTEBOL: PAYSANDU EM CRISE

O atraso nos salários dos jogadores do Paysandu pode causar a saída do volante Sandro Goiano do grupo bicolor. Insatisfeito com a situação, o experiente jogador chegou a discutir com o diretor de futebol, Antonio Cláudio ‘Louro’, no último sábado. Mas, somente hoje, o futuro do atleta será definido. O presidente do clube, Luiz Omar Pinheiro, o auxiliar técnico, Ricardo Lecheva, o técnico Andrade e ‘Louro’ vão reunir na manhã desta segunda-feira para decidir o que será feito.

Durante o bate-boca, o diretor de futebol foi bem claro e direto ao se dirigir a Sandro. “Quem quiser ficar para ajudar, que fique e ajude. Caso contrário, a porta é serventia da casa”, disparou. A insatisfação com o débito no pagamento salarial não se restringe a Sandro, uma vez que na semana passada, vários jogadores se negaram a falar com a imprensa por este motivo.

Para evitar que o problema se estenda e tome outras proporções, o presidente do Papão prometeu pagar pelo menos uma parte do valor em atraso ao grupo ainda esta semana, provavelmente antes do jogo do próximo domingo (6), em Lucas do Rio Verde (MT), contra o Luverdense.

Do Diário do Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário