escritório

escritório

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

JOÃO FAUSTINO DIZ NÃO SABER MOTIVO DA PRISÃO


O suplente de senador João Faustino foi levado por volta das 7h50 desta quinta-feira (24) para o quartel do Comando Geral da Polícia Militar, onde vai ficar detido.

O ex-deputado federal foi preso nas primeiras horas do dia na operação Sinal Fechado, do Ministério Público Estadual.Faustino disse não saber o motivo de ter sido preso.

“Não faço a menor ideia de ter sido preso, mas já estou trabalhando para entrar com um habeas corpus. Questão judicial não se discute”, falou, antes de ser encaminhado para o quartel.

Além de João Faustino, pelo menos outras nove pessoas já foram presas na operação Sinal Fechado.


fonte: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário