escritório

escritório

quarta-feira, 23 de maio de 2012

COPA 2014: CONSTRUÇÃO DA ARENA ENTRA EM NOVA FASE


O projeto de construção da Arena das Dunas entrou em seu processo de verticalização, com o início da etapa de superestrutura da obra. O primeiro pilar de sustentação das arquibancadas foi implantado ontem, em cerimônia que contou com a participação da governadora Rosalba Ciarlini. O processo de instalação não durou mais que vinte minutos e o secretário da Secopa, Demétrio Torres, ressaltou que, frente ao início dessa nova etapa, pretende atingir 50% do total do projeto até o final do ano. 
Governadora Rosalba Ciarline acompanha a instalação do pilar da arquibancada com Demétrio
A etapa iniciada ontem foi antecipada em quase 60 dias, uma vez que pelo cronograma oficial estava prevista para ocorrer apenas no dia 20 de julho. Charles Maia, engenheiro responsável pelo consórcio Arena das Dunas, ressaltou que a empresa vem se empenhando para antecipar a entrega do projeto, previsto para dezembro de 2013. "A continuar com esse processo vamos entregar o estádio antes do prazo previsto. Só que ainda não tenho condição de informar qual será essa antecedência", disse Charles.

A empresa que está recebendo novas formas para construção das peças pré-moldadas, também criou o turno estendido de trabalho, onde os funcionários entram ao meio-dia e saem às 22 horas. "Esse pessoal vai trabalhar na construção de novas vigas. Em breve estaremos construindo 20 vigas, das mais diversas formas, por dia", informou Charles Maia.

Para dar uma ideia da grandiosidade do projeto, Demértio Torres destacou que tem certos dias em que chegam a se consumir 100 toneladas de cimento e que até o momento já foram consumidos 6,2 milhões de Kg de cimento. No total serão construídas mil vigas pre-moldadas.

MOBILIDADE

Na oportunidade a governadora Rosalba Ciarlini confirmou que todas as verbas para os projetos de mobilidade urbana listados na matriz de responsabilidade do estado já estão empenhadas. Ela informou ainda que o governo decidiu encampar o projeto do Pró-Transporte, paralisado há cinco anos. O sistema visa integrar o transporte coletivo e ferroviário da zona norte da cidade. 

A governadora também ressaltou o benefício do VLT, que vai interligar os municípios da Grande Natal, com a capital, com capacidade para transportar até 50 mil passageiros ao dia, desafogando o trafego de ônibus na Ponte de Igapó. O projeto está orçado em R$ 136,5 milhões, sendo R$ 74 milhões a fundo perdido. 


FONTE: TN ON LINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário