escritório

escritório

segunda-feira, 25 de junho de 2012

FUTEBOL: CURIÓ E PARDAL NA SELEÇÃO DA RODADA


Confira a Seleção:

Goleiro: Fernando Henrique (Ceará) - O goleirão do Vovô fez várias defesas cruciais durante a partida contra o Atlético-PR deste sábado, o que garantiu a terceira rodada sem perder do alvinegro. Uma das defesas foi a da cobrança do pênalti de Paulo Baier aos 40 minutos do segundo tempo.
Lateral-direito: Eduardo (Joinville) - Mostrou muitas qualidades exigidas de um lateral, como força na marcação, velocidade e boa presença ofensiva. Fez ainda cruzamentos importantes que poderia ter sido aprovietados pelos atacantes. Deixou o campo como melhor pelo lado do time catarinense, mesmo com a derrota em Curitiba.
Zagueiro: Cássio (Avaí) - O Avaí jogou o final do jogo com dois jogadores a menos e resistiu uma grande pressão exercida pelo Guaratinguetá. Cássio foi um dos principais jogadores em campo, ajudando o time a conquistar o ponto fora de casa.
Zagueiro: Welton Felipe (Boa Esporte) - Ele fez o pênalti que originou o gol de honra do Grêmio Barueri, mas isso é ofuscado pela grande atuação que teve. Gigante, dominou todas as bolas aéreas e não deixou o atacante Magrão levar perigo ao goleiro Gabriel Leite.
Lateral-esquerdo: Léo Jaime (Bragantino) - Atuando mais livre, correu muito e chegou no ataque com eficiência ao marcar dois gols. O curioso é que foi substituído no segundo tempo, por excesso de cautela do técnico Marcelo Veiga. Isso porque Léo Jaime estava amarelado e poderia, em tese, ser expulso.

Volante: Thiago Mendes (Goiás) - Foi o pulmão do Goiás na virada incrível sobre o Vitória. Mesmo com o time perdendo por 3 a 0, não deixou de corrernenhum minuto. Sua persistência e coração inspiraram os outros jogadores do elenco do Goiás a conseguirem a vitória que parecia improvável.
Fim da conversa no bate-papo

Meia: Francismar (Boa Esporte) - Foi a surpresa de Sidney Moraes para o duelo contra o Grêmio Barueri e não decepcionou. Abriu o placar aproveitando rebote do goleiro Matheus e depois cansou de deixar os companheiros na cara do gol. Deixou o jogo aplaudido pelos torcedores.
Meia: Lúcio Flávio (Paraná) - Não poderia ter sido melhor a reestreia do ídolo Lúcio Flávio, após 11 anos de ausência, no Paraná Clube. Ele foi o cérebro do time, organizando o meio-campo, cadenciando o jogo quando necessário e sendo importante na armação no ataque. E ainda marcou um belo gol. Ao contrário de alguns veteranos que vivem enganando por aí Lùcio Flávio é dedicado ao trabalho e conhece muito bem a história e a estrutura do Paraná. Uma união que vai dar certo!
Atacante: Lúcio Curió (América-RN) - Correu demais durante todo o jogo e infernizou os zagueiros do ASA, sendo um dos principais responsáveis pelo resultado positivo. Não balançou as redes, mas participou das principais chances de gols do Mecão. Além disso, puxou contra-ataque e deixou Júnior Xuxa na cara de Gilson para fechar o placar.

Atacante: Adriano Pardal (ABC) - O principal homem de ataque do ABC merece estar na Seleção da Rodada da Série B. Contra o Guarani foi muito bem no jogo, participou ativamente das principais jogadas ofensivas dos potiguares e conseguiu fazer um gol, que garantiu o ponto para Natal.
Atacante: Zé Carlos (Criciúma) (foto) - É o homem gol do Criciúma e também do Campeonato Brasileiro da Série B. Na vitória heróica sobre o Ipatinga, balançou as redes duas vezes e se isolou ainda mais na artilharia da competição, com dez gols marcados. Aos 49 minutos, mostrou oportunismo e posicionamento ao completar cruzamento de cabeça, garantindo o resultado positivo e a liderançado Tigre.
Técnico: Paulo Comelli (Criciúma) - O Tigre não teve uma atuação muito boa diante do Ipatinga, mas mesmo assim venceu e retomou a liderança isolada da Série B, com 18 pontos. O treinador fez boas mudanças no intervalo, com a entrada de André Gava, que colocou o Criciúma em cima do adversário. Em sete jogos, são seis vitórias e apenas uma derrota, campanha que merece destaque.
 
 
Agência Futebol Interior


Nenhum comentário:

Postar um comentário