escritório

escritório

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

HERMANO DEFENDE ROMPIMENTO DO PMDB COM O GOVERNO DE ROSALBA


O deputado estadual, Hermano Morais esteve neste domingo (25) participando da Convenção Municipal do PMDB de Carnaúba do Dantas. Logo ao chegar àquela casa legislativa ele concedeu entrevista à imprensa seridoense e expôs o sentimento que tomou conta de algumas lideranças do PMDB estadual nos últimos dias. Candidatura própria ao Governo do Estado.

Quando usou a palavra ele reiterou o que já havia falado antes, dizendo que o PMDB passa por um de seus melhores momentos da sua história política no Brasil e no Rio Grande do Norte. “O partido hoje tem o atual vice-presidente da República, Michel Temer; o presidente do Senado, Renan Calheiros e o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo. Como também, o Estado ainda tem o orgulho de ter o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho”.

Hermano Morais chamou a atenção dos convencionais para que não ocorra no Estado, o que aconteceu em Natal, onde o partido passou 20 anos sem lançar uma candidatura própria. “Depois de vinte anos lançamos o nosso nome para disputar a prefeitura da capital. Começamos apenas a eleição com apenas 3% das intensões de votos, porém chegamos ao 2º turno e terminamos com 42%, numa grande ascensão. Talvez se demorasse mais um pouco, tivéssemos obtido o êxito, mas a cimente foi plantada”, afirmou.

O parlamentar disse que o PMDB tem em seus quadros ótimos nomes e preparados para governar o Rio Grande do Norte. “Pela sua importância e grandeza, o PMDB não pode passar outra eleição estadual sem lançar candidatura própria ao Governo do Estado. Temos nomes fortes como o ministro Garibaldi Filho, o presidente da Câmara, Henrique Alves e o próprio deputado Walter Alves que tem o seu nome bem avaliado. Qualquer um desses tem plenas condições de vencer as eleições”, destacou Hermano.

fonte: BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário