escritório

escritório

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

PRESIDIÁRIO FOI ASSASSINADO EM ALCAÇUZ


Um presidiário foi assassinado e outro ficou ferido a golpes de faca durante uma briga ocorrida na manhã desta quinta-feira (21) no Pavilhão 2 da maior unidade prisional do Rio Grande do Norte, a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Grande Natal. De acordo com o vice-diretor, Cleidson Câmara, o preso morto foi identificado como Lindemberg de Melo e Souza, de 30 anos.
Adailton Silva do Nascimento, também de 30 anos, foi socorrido ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal, onde permanece internado. A polícia ainda está investigando quem cometeu os crimes.
O vice-diretor de Alcaçuz também afirmou que a confusão entre os presos começou no momento em que eles foram liberados para o banho de sol, por volta das 8h. 
Já Adailton Silva, ainda de acordo com a direção da penitenciária, também está preso por assalto a mão armada. Segundo o vice-diretor, o ferido não corre risco de morte e segue internado com quadro estável.Cleidson Câmara confirmou que Lindemberg de Melo respondia por assalto a mão armada e homicídio. Ele foi um dos presos que participou da maior fuga da história de Alcaçuz, quando 41 detentos escaparam da unidade, fato registrado na noite de 21 de janeiro de 2012. Lindemberg foi recapturado pouco tempo depois, no dia 4 de fevereiro. O fugitivo foi localizado na praia de Muriú, no litoral Norte potiguar, pelo Pelotão de Destacamento de Extremoz.
Depois da briga, os demais presidiários foram recolocados em suas celas.
Detento foi morto dentro da Ala de Adaptação de Alcaçuz, que já foi cenário de rebeliões e outros assassinatos (Foto: Ricardo Araújo/G1)Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Grande Natal (Foto: Ricardo Araújo/G1)
fonte: G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário