escritório

escritório

sexta-feira, 28 de junho de 2013

DILMA NÃO DEVERÁ IR PARA FINAL DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

Está praticamente definido que a presidente Dilma Rousseff não irá ao Maracanã assistir à final da Copa das Confederações. Na partida que foi ao estádio, na abertura do torneio, Dilma foi vaiada pelos torcedores no Mané Garrincha.

A agenda da presidente para o fim de semana está definida sem nenhuma viagem para o Rio, onde acontece a partida.

A decisão foi tomada porque a presidente tem reuniões com auxiliares no final de semana para definir as questões ligadas ao plebiscito da reforma política.
Yasuyoshi Chiba - 15.jun.2013/AFP
A presidente da República Dilma Rousseff (dir.) observa discurso do presidente da Fifa, Joseph Blatter, na abertura da Copa das Confederações; os dois foram vaiados
A presidente da República Dilma Rousseff (dir.) observa discurso do presidente da Fifa, Joseph Blatter, na abertura da Copa das Confederações; os dois foram vaiados

Assim, assistirá pela TV, de Brasília, o jogo que pode dar o título para a equipe nacional.

Dilma recebeu um convite da Fifa para assistir a final na tribuna de honra do Maracanã.
Pela tarde, o presidente da entidade que controla o futebol, Joseph Blatter, tinha falado que não havia recebido nenhuma resposta de Brasília.

"Mandamos o convite, mas ainda não recebi nenhuma informação. Adoraria que estivesse presente", afirmou o cartola.

Esse é o segundo cancelamento que a presidente faz com relação à seleção brasileira. 

Quando o time nacional estava em Salvador, Dilma agendou um encontro com o técnico Luiz Felipe Scolari na base aérea da capital baiana, mas cancelou de última hora.


Folha de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário