escritório

escritório

terça-feira, 29 de outubro de 2013

SINDICATO ENTREGARÁ PEDIDO DE IMPEACHMENT DA GOVERNADORA ROSALBA

Os servidores estaduais da saúde irão realizar uma paralisação de 24 horas na próxima quinta-feira, dia 31, contra o atraso nos pagamentos do funcionalismo estadual. A paralisação envolve ainda setores da Administração Indireta, convocados pelo Sinai.

É o segundo mês consecutivo que o governo estadual atrasa o pagamento dos salários e, segundo anunciado pelo secretário estadual de Planejamento, a reprogramação pode se estender até o final do ano. A paralisação dos servidores da saúde também reivindica o cumprimento dos compromissos assumidos pelo governo do estado após a greve da saúde.

Os servidores protestam ainda contra a redução dos vencimentos de parte dos servidores, o não pagamento das férias de julho e a lentidão no pagamento das dívidas do Ipern. Eles exigem ainda a convocação de mais servidores, para reduzir a sobrecarga de trabalho nos principais hospitais, como o Walfredo Gurgel, e cancelar as transferências que a Sesap realizou recentemente, no CRI e nos hospitais Rafael Fernandes e Ruy Pereira.

No dia 31, às 10h, o Sindsaúde-RN entregará aos deputados estaduais o pedido de impeachment da governadora Rosalba Ciarlini. O ponto de encontro da manifestação, que também reunirá servidores da saúde municipal, será às 09h, no Baldo.


Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário