escritório

escritório

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

UFC: PEZÃO PEGO NO ANTIDOPING

No último dia 7 de dezembro, Antônio Pezão proporcionou aos fãs de MMA e do UFC aquela que é considerada por muitos a melhor luta do ano. Contra Mark Hunt, em Brisbane (AUS), o brasileiro travou uma batalha de cinco rounds que terminou empatada. A atuação rendeu aos dois US$ 50 mil (cerca de R$ 116 mil) como prêmio de "Luta da Noite", mas uma notícia divulgada nesta terça-feira pela imprensa americana colocou uma mancha no duelo. Segundo o site "MMAjunkie", o exame antidoping de Pezão apresentou níveis de testosterona acima do permitido. Com isso, ele vai perder o bônus e também ser suspenso por nove meses. O combate deve ser transformado em "no contest", ou seja, sem resultado.

Pezão x Hunt, UFC Fight Night (Foto: Getty)Pezão (dir.) em ação contra Hunt em Brisbane (Foto: Getty Images)
O site americano procurou o Ultimate para uma consulta sobre o ocorrido, e a organização emitiu um comunicado informando que Pezão tinha autorização para fazer uso da TRT (terapia de reposição de testosterona), mas que o brasileiro superou o nível permitido justamente no teste realizado após o evento.
- Silva tem uma aprovação para uso da terapia de reposição de testosterona (TRT) e estava em conformidade com as diretrizes terapêuticas em todos os testes pré-luta realizados antes do evento. Os resultados do seu teste no dia do evento indicaram um nível de testosterona fora do limite permitido. Silva foi informado de que o nível elevado de testosterona é uma violação do seu acordo promocional com a Zuffa e da política de conduta dos lutadores - esclareceu o UFC.
Está é a segunda vez que Antônio Pezão falha em um exame antidoping nas 24 lutas que fez no MMA. Em julho de 2008, quando o gigante brasileiro ainda atuava pelo EliteXC, o teste deu positivo para a substância proibida boldenona. Pezão até hoje contesta o resultado.

Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário