escritório

escritório

domingo, 30 de março de 2014

ARACURAU...

Por Guiba Garcia

Nem Arara, nem Bacurau, a onda agora é ser Aracurau.

Ou Bacurara se preferir.

Com a união de 12 partidos em prol da candidatura de Henrique Eduardo Alves (PMDB), presidente da Câmara dos Deputados, à Governador do Estado, o vermelho e o verde nunca estiveram tão misturados em todo o Rio Grande do Norte.

Ontem (29) estiveram reunidos no hotel PraiaMar, em Natal, as lideranças do Rio Grande do Norte para expor à população os possíveis candidatos ao próximo pleito eleitoral. Dentre eles: Henrique Eduardo Alves, Garibaldi Alves Filho, Geraldo Melo, Wilma de Faria, Márcia Maia, Sandra Rosado, Paulo Wagner, Carlos Eduardo (prefeito de Natal), João Maia etc.

 A chapa seria a seguinte: Henrique governador, João Maia vice-governador e Wilma de Faria senadora.

Mas todos nós sabemos que o animal politico Wilma de Faria é cheio de surpresa e com a possível intervenção da executiva nacional do partido (entenda Eduardo Campos) o cenário pode ser outro. Em nenhum outro estado do Brasil a vaga de senador foi mais discutido do que a de governador. Wilma de Faria conseguiu tornar primário o que, normalmente, é secundário.

Henrique Alves se lançado Governador terá como substituto na câmara o familiar Walter Alves, atual deputado estadual. E os votos de Waltinho irá para Márcia Maia, filha de Wilma. (Faz parte do acordão)

Nesse chapão onde o PMDB será Governo, o PR vice-governo e o PSB, até agora, senado, alterará rixas e desentendimentos políticos em varias cidades do Rio Grande do Norte, inclusive em São Pedro.

Liegy, grande líder do PMDB em São Pedro, esteve presente ontem junto com toda a comitiva do Partido no hotel e afirmou que estará ao lado de Henrique, João Maia e Wilma.

Ops... Mas pera aí... João Maia é PR e PR é Robenice... Wilma é PSB e PSB é João de Deus.

Pelo andar da carruagem, é normal que a Prefeita Robenice Ribeiro (PR) apoie João Maia, Henrique e Wilma.

Da mesma forma que é normal João de Deus (PSB) apoiar Wilma, João Maia e Henrique.

Sera que teremos Robenice, Liegy e João de Deus de mãos dadas em São Pedro pedindo voto para as mesmas pessoas?

Será que o termo Aracurau ou Bacurara vai pegar?

E o povo, como e onde fica?

"Em palanque onde estão todos (os políticos), o povo fica de fora."


FONTE: ATUALIDADE SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário