escritório

escritório

quarta-feira, 22 de abril de 2015

CONFIRMADA A MAIOR FUGA DE ALCAÇUZ

A Coordenação da Administração Penitenciária (Coape) confirmou a quantidade de presos que fugiram da Penitenciária Estadual de Alcaçuz: 34 detentos deixaram a unidade na madrugada de hoje (22). Até o fim da manhã, havia a confirmação que dois presos haviam sido recapturados. A fuga foi a maior da história de Alcaçuz.
Emanuel Amaral
Detentos fugiram por túnel cavado no pavilhão 2 de AlcaçuzDetentos fugiram por túnel cavado no pavilhão 2 de Alcaçuz


Antes da fuga que ocorreu na manhã de hoje, a maior fuga registrada na unidade prisional era a que ocorreu no dia 6 de abril, quando 32 detentos deixaram a unidade prisional. Antes das fugas de abril, maior havia ocorrido em 6 de novembro de 2000, quando o bando do assaltante Valdetário Carneiro invadiu e libertou ele e mais 28 detentos. 


A maior fuga do sistema prisional potiguar foi registrada em janeiro de 2012, quando 41 detentos conseguiram escapar do presídio Rogério Coutinho Madruga, o chamado Pavilhão 5, mas que tem administração independente de Alcaçuz.

A fuga
 
Para deixarem a unidade prisional na madrugada de hoje, os presos de Alcaçuz utilizaram a mesma entrada do túnel descoberto em 6 de abril, quando 32 presos deixaram o presídio. Hoje, no entanto, os presos usaram um caminho diferente para deixar o presídio. A Coape confirmou a informação, mas não detalhou como os presos conseguiram escapar.

A unidade é uma das três do sistema prisional potiguar que conta com vigilância da Força Nacional. Ao todo, as duas fugas tiveram 66 presos deixando Alcaçuz em 16 dias, com pelo menos oito recapturados e dois mortos em confronto com a Polícia Militar.


TRIBUNA DO NORTE
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário