escritório

escritório

domingo, 26 de abril de 2015

CURIOSIDADES SOBRE NATAL-RN

A história de Natal/RN é bastante rica e poucos sabem disso. A cidade foi pioneira no Brasil em várias e várias coisas surpreendentes. Trazemos para você agora algumas das coisas mais interessantes sobre esta que é a cidade do “sol”.
1) Natalenses foram os primeiros do Brasil a mastigar chicletes. Durante a Segunda Guerra Mundial, quando Natal se transformou em base americana, o produto passou a ser comercializado com o intuito de aliviar o estresse dos civis e dos soldados dos EUA. Foi no período pós-guerra que as vendas do chiclete dispararam.
Bubble Gum
 

2) Natal conta-se (pode ser só uma lenda) foi ponto de parada do escritor francês Saint-Exupéry. O aviador na Segunda Guerra, que citou o pôr-do-sol da cidade no livro “Atlântico Sul” e o Baobá, árvore africana que tem três exemplares no Rio Grande do Norte, na sua mais famosa obra, “O Pequeno Príncipe”. O autor teria ficado impressionado com o fato de que eram necessários 15 homens para abraçar o tronco da árvore.
Pequeno principe
 

3) Natal foi o primeiro lugar no Brasil a usar óculos Ray-Ban. O modelo “Aviador” da Ray-Ban tornou-se um estilo bem conhecido de óculos de sol. Um dos momentos mais marcantes deste produto durante a Segunda Guerra Mundial. Soldados desciam e chamavam a atenção da população local. Os americanos passaram a dar de presente e também a vender seus modelos. uniforme e trazendo na cara os seus inconfundíveis Ray-Ban.
Rayban
 

4) A população de Natal foi a primeira a consumir Coca-Cola na América do Sul. Em 1942, com a chegada das tropas aliadas trouxe de carona a quarta fábrica da Coca-Cola no mundo.

Primeira coca-cola


5) O aeroporto e o porto mais próximos da Europa e da África. Você chega da Europa mais rápido em Natal, tempo de economia estimado se for por avião 45 minutos e por navegação 2,7 dias.
Aeroporto


6) A posição geográfica de Natal foi classificada como “um dos quatro pontos mais estratégicos do mundo” pelo Departamento de Guerrra dos EUA. Em 1942, época da Segunda Guerra Mundial, a posição geográfica de Natal foi classificada como “um dos quatro pontos mais estratégicos do mundo” pelo Departamento de Guerra dos EUA, junto com Suez, Gibraltar e Bósforo. Na época as praias de Natal eram freqüentadas somente por pescadores e a população ribeirinha. Os militares americanos tornaram algumas praias famosas, como a Praia dos Artistas, que recebeu esse nome por causa das muitas personalidades que eram vistas no lugar.
Segunda


7) O coqueiro foi usado como soro, durante a Segunda Guerra Mundial, por soldados brasileiros e americanos. O coqueiro, árvore constante nas praias de Natal, foi usado na Segunda Guerra Mundial, fornecendo soro, porque a água de coco é rica em proteínas, sais minerais e vitaminas.
Coco


8) Natal é a “Capital Mundial do Buggy”. A cidade possui a maior frota de buggys do Brasil e do mundo. Passeios maravilhosos de buggy (com ou sem emoção) por dunas, praias e lagoas são uma das maiores atrações turísticas de Natal.
Natal das emoções
 
9) O Parque das Dunas é o segundo maior parque urbano do Brasil. Parque Estadual Dunas do Natal ”Jornalista Luiz Maria Alves”  possui uma área de 1.172 hectares. Reconhecido pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) como parte integrante da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica Brasileira, o Parque das Dunas é considerado o maior parque urbano sobre dunas do Brasil, exercendo fundamental importância para a qualidade de vida da população natalense, contribuindo tanto na recarga do lençol freático da cidade, quanto na purificação do ar. Seu ecossistema de dunas é rico e diversificado, abrigando uma fauna e flora de grande valor bioecológico, que inclui diversas espécies em processo de extinção.
Parque das Dunas


10) Natal é a “Terra do Camarão”. Além das inúmeras belezas da “Noiva do Sol”, os visitantes de Natal saboreiam uma grande e rica variedade gastronômica. Aos apreciadores do camarão, a cidade possui uma ampla variedade de pratos de dar água na boca de qualquer pessoa. Camarão ao alho e óleo, aos quatro queijos, camarão na moranga (abóbora), ao catupiry, ao molho de ervas, misturado com tiras de carne de sol (chamado camarão aos fios de sol), entre outros.
Camarão na moranga


11) Natal é a Terra do escritor e Professor Luis Câmara Cascudo (1898-1986) . O autor de celebre frase: “O melhor do Brasil é o brasileiro.” – considerado um dos maiores folcloristas nacionais:
Camara

 

(Notícia extraída de Viver Natal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário