escritório

escritório

domingo, 26 de abril de 2015

RN: SINALIZAÇÃO DOS JUMENTOS


Rodolfo Rummenigge mostra a fita que será colocada nas patas dos animais pra que condutores possam enxergá-los – Foto Alcivan Costa
Rodolfo Rummenigge mostra a fita que será colocada nas patas dos animais pra que condutores possam enxergá-los – Foto Alcivan Costa
A presença de animais soltos nas estradas, principalmente os jumentos, tem sido o motivo de muitos acidentes ao longo dos anos. O trabalho de recolhimento desses bichos não consegue mantê-los longe dos motoristas devido à quantidade de animais espalhada pelas rodovias e até mesmo dentro da cidade.
Após o alívio de ter escapado de um acidente que poderia ter sido fatal, o empresário Rodolfo Rummenigge decidiu que desenvolveria alguma iniciativa para tirar esses animais das vias. Ele teve a ideia de produzir uma fita refletiva para ser fixada nas patas do bicho para que os motoristas possam visualizá-lo de longe.
“Eu trabalho viajando muito e já me livrei de vários acidentes, mas um deles em especial me fez ficar muito pensativo no que eu poderia fazer para tentar evitar que esses animais pudessem ser vistos e então tive a ideia da fita. A gente precisa fazer a nossa parte quando pretende mudar algo para melhor”, diz o empresário.
A fita é feita de material que reflete a luz e colocada no animal com o auxílio de um fixador plástico conhecido como ‘enforca gato’. “É uma fita muito simples e revestida de tecido jeans para não causar nenhum dano ao animal. É uma coisa barata, mas que poderá evitar futuros acidentes e salvar a vida de muita gente sem ter que sacrificar o jumento que é uma das riquezas do nosso povo nordestino”, ressalta. O material refletivo é colocado nas quatro patas do animal como se fossem pulseiras.
Além disso, Rodolfo pretende também distribuir as faixas para carroceiros que trabalham em Mossoró para que eles sinalizem seus cavalos e jumentos, como forma também de que eles possam se proteger e evitar atropelamentos.
Depois que começou a buscar apoio entre os amigos empresários, Rodolfo já conseguiu a doação de um terreno no tamanho de 15 hectares, localizado na BR-110, saída para Areia Branca, feita por um amigo também empresário. “É uma área muito grande para onde pretendemos levar os jumentos que forem sendo apreendidos pela Polícia Rodoviária, mas para conseguirmos mantê-los lá precisamos contar com o apoio de novas doações que estamos buscando junto a empresas privadas e também ao poder público. Vou procurar ajuda onde puder”, destaca.
Ele conta que vai buscar o apoio da Polícia Ambiental e também da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para trabalharem num projeto em conjunto. “A intenção é que os animais que forem sendo recolhidos recebam a fita e sejam levados para o terreno. Se algum deles conseguir fugir já estará sinalizado”, conclui.

GAZETA DO OESTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário