escritório

escritório

quarta-feira, 27 de maio de 2015

EX-PRESIDENTE DA CBF É PRESO POR CORRUPÇÃO

Autoridades suíças deflagraram nesta quarta-feira uma operação para prender altos dirigentes da Fifa e extraditá-los aos Estados Unidos, onde são investigados por corrupção.
Conforme a BBC, seis dirigentes foram presos no hotel Baur au Lac, um deles é Jeffrey Webb, presidente da Concacaf e vice-presidente da Fifa. Entre os dirigentes que teriam sido vistos sendo levados para a delegacia estão o brasileiro José Maria Marin, membro da Fifa, ex-presidente da CBF e da organização da Copa do Mundo de 2014, Eduardo Li, presidente da Confederação de Futebol da Costa Rica, e Eugenio Figueredo, do Uruguai e integrante da Conmebol.

Segundo o jornal “The New York Times”, as acusações estão relacionadas a um vasto esquema de corrupção dentro da Fifa nos últimos 20 anos, envolvendo fraude, extorsão e lavagem de dinheiro em negócios ligados a copas do mundo e acordos de marketing e transmissão televisiva.

A Corte Federal em Nova York deve apresentar nesta quarta-feira acusações formais contra até 14 pessoas envolvidas no caso. Segundo informações preliminares, o presidente da entidade, Joseph Blatter, não está entre os acusados.

As identidades dos detidos ainda não foram divulgadas. A Fifa deve realizar na sexta-feira a eleição do novo presidente. A tendência é de reeleição de Blatter, que está no cargo desde 1998.

ZERO HORA



Nenhum comentário:

Postar um comentário