escritório

escritório

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

SUSPEITA DE VAZAMENTO DE INFORMAÇÕES NA LAVA JATO

Deu no Cláudio Humberto:
claudio humberto novo
O marqueteiro João Santana, cuja prisão temporária foi decretada pelo juiz federal Sergio Moro, pode ter tomado conhecimento previamente de sua prisão. A principal evidência, citada por fontes próximas às investigações da Operação Lava Jato, é a iniciativa do marqueteiro, sábado (20), oferecendo-se para prestar esclarecimentos alegando que poderiam ser evitados “conclusões precipitadas” e “danos irreparáveis”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário