escritório

escritório

quarta-feira, 27 de abril de 2016

TEMER FECHA MINISTÉRIOS PALACIANOS

Por Josias de Souza

A duas semanas da votação que deve selar no Senado o afastamento de Dilma Rousseff por até seis meses, Michel Temer avança na composição de sua equipe ministerial. Já concluiu, por exemplo, a montagem do time palaciano. Decidiu cercar-se de amigos.

Eliseu Padilha será o chefe da Casa Civil. Geddel Vieira Lima ocupará a pasta de Relações Institucionais, que cuida da articulação política. Quanto a Moreira Franco, deve ser acomodado num órgão novo, que terá a atribuição de centralizar as concessões de obras públicas do governo federal. A ideia é vincular essa repartição à Presidência da República.

Outro amigo de Temer, o senador Romero Jucá, atual presidente do PMDB, deve ser nomeado para o Ministério do Planejamento. Jucá responde a inquérito no STF no contexto da Operação Lava Jato. Favorito para a pasta da Fazenda, o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles não se opôs à escolha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário