escritório

escritório

quinta-feira, 5 de maio de 2016

CLUBE NORDESTINO PODE DESISTIR DA SÉRIE C

Depois de passar um período em que servia de exemplo administrativo para outros clubes do Nordeste, o ASA passa atualmente por uma de suas piores crises. Com problemas financeiros e maus resultados esportivos, o presidente Bruno Euclides se licenciou do cargo e deixou a cúpula alvinegra acéfala.
Além da vacância em sua diretoria, o ASA não dispõe de caixa para cumprir os compromissos mais corriqueiros. No início desta semana, alguns jogadores do ASA foram barrados em um restaurante onde costumavam fazer refeições às custas do clube. O motivo da barração foi o calote que a agremiação deu na churrascaria.
A humilhação que os atletas passaram quando iam comer certamente influenciou na decisão de promover greve na quarta-feira. A crise é tão grande que o presidente do Conselho Deliberativo, Fabrizio Almeida, falou nesta quinta que o ASA pode desistir da disputa da Série C nacional.
Claro que a desistência de jogar a Terceirona é um ato extremo e deve ser evitado. Mas está bem claro que a missão do Fantasma neste ano é evitar o rebaixamento para a Série D. Para isso, talvez seja necessário fazer uma parceria com outra equipe que lhe ceda jogadore

SÉRIE C

Nenhum comentário:

Postar um comentário