escritório

escritório

domingo, 12 de junho de 2016

DENUNCIA DE CAIXA DOIS NA CAMPANHA DE MARINA SILVA

Em negociação de delação premiada com a Lava-Jato, revela Lauro Jardim, o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro prometeu detalhar o esquema de caixa dois que, segundo ele, irrigou a campanha de Marina Silva à Presidência em 2010, pelo PV.
A doação teria sido intermediada pelo candidato a vice de Marina, Guilherme Leal, um dos donos da Natura.
A OAS e a Odebrecht revelarão também que fizeram doações “por fora” às campanhas de Eduardo Paes à prefeitura.
Em nota, Marina Silva alega que nunca usou “um real sequer que não tivesse sido regularmente declarado’! Ela defendeu a Lava-Jato e disse confiar que nenhum dirigente do PV tenha usado seu nome para fins ilícitos.
Guilherme Leal admitiu que se encontrou com Pinheiro, mas refutou as acusações.
O prefeito do Rio também negou irregularidades em suas contas eleitorais. (Globo)
NEY LOPES

Nenhum comentário:

Postar um comentário