escritório

escritório

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

RN: GOVERNO FEDERAL CONFIRMA ENVIO DE 1000 HOMENS DO EXÉRCITO E 200 FUZILEIROS NAVAIS

ASSECOM/RN - Rayane Mainara
O governador Robinson Faria recebeu a confirmação do apoio de mil homens do Exército e 200 fuzileiros Navais no reforço às forças policiais do RN. A informação do número de militares foi dada pelo ministro da Defesa Raul Jungmann, por volta das 22h deste domingo. As tropas federais devem chegar ao Estado ainda esta semana. 

O reforço já havia sido confirmado na tarde de hoje pelo presidente da República em exercício Michel Temer, sem o detalhamento preciso do quantitativo. 

Durante a coletiva realizada mais cedo, além do reforço militar, Robinson tratou também da prisão de João Maria dos Santos de Oliveira, efetuada apenas dois dias após a primeira ocorrência. Ele é suspeito de ser um dos chefes do Sindicato do Crime do RN, grupo criminoso apontado como articulador dos ataques. A rápida resposta foi possível graças à união, empenho e dedicação das forças policiais do Rio Grande do Norte.

“A situação está controlada, o número de ataques está diminuindo e as tropas federais vêm para colaborar nas ações de combate ao crime e atos de vandalismo no Estado. Vamos dividir áreas estratégicas para a atuação de cada grupo, trazendo novamente a tranquilidade para a população”, garantiu o chefe do Executivo.

O secretário de Segurança Pública, Ronaldo Lundgren, explicou que o trabalho do Gabinete de Gestão Integrada (GGI-E) é pemanente, e continuará na busca de todos os responsáveis pelos ataques. “Não vamos descansar até solucionar esta série de ataques contra a segurança dos potiguares”, assinalou. 

Além de reforçar que o Estado não irá recuar, o secretário de Justiça de Cidadania, Wallber Virgolino, assegurou a instalação dos bloqueadores de celulares em todos os presídios potiguares. “Identificaremos e puniremos dentro da lei todos aqueles que divulgaram os áudios e espalharam os boatos na internet a partir das unidades prisionais”, afiançou. 

Na coletiva, estiveram presentes o Comandante Geral da Polícia Militar, Dancleiton Leite; o Delegado Geral da Polícia Civil, Cleiton Pinho; o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Otto Ricardo; o Superintendente regional da PRF no RN, Inspetor Marcelo Montenegro; os secretários estaduais de Planejamento, Gustavo Nogueira; e Assistência Social, Juliane Faria; o deputado Federal, Fábio Faria; o sub-comandante da PM, Coronel Sairo; a secretária chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha e a Delegada Sheila Freitas.  

NÚMEROS ATUALIZADOS

Até a noite deste domingo, a Força  Tarefa da Segurança Pública prendeu 52 pessoas suspeitas de participação nos ataques. Foram registradas 53 ocorrências, entre incêndios a ônibus e outros veículos, disparos contra prédios públicos e proximidades, utilização de explosivos e depredações.

DENÚNCIAS

A população é uma grande parceira do Estado no enfrentamento destes crimes. Caso vislumbre alguma ação que interfira na segurança, é importante acionar a Polícia Militar pelo 190 ou denunciar pelo telefone 181 e pelo whatsapp 98149-9906. O sigilo em relação ao denunciante é absoluto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário