escritório

escritório

terça-feira, 30 de agosto de 2016

VOTAÇÃO DO IMPEACHMENT DEVE OCORRER NA PRÓXIMA QUARTA-FEIRA

BRASÌLIA - A votação final do julgamento da presidente afastada Dilma Rousseff está prevista para ocorrer apenas nesta quarta-feira (31), segundo declaração do próprio presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do processo de impeachment, Ricardo Lewandowski. Ele disse que pretende acabar "impreterivelmente" os debates entre senadores nesta terça-feira, são cerca de 60 inscritos. Mas admitiu que a votação deverá ficar para amanhã.

Lewandowski disse que provavelmente a votação ficará para esta quarta-feira. O GLOBO havia calculado que o julgamento levaria até uma semana, começando no dia 25 de agosto e encerrando no dia 31.

Agora, serão ouvidos os advogados de acusação e de defesa, com 1h30 para cada parte.
— Se for possível, mas creio que o tempo não permitirá, pretendo fazer o julgamento hoje. Mas creio que o julgamento terá que ficar para amanhã — disse Lewandowski.

A jurista Janaina Paschoal será a primeira a falar. Ela disse que Dilma teve um gesto "muito nobre" ao comparecer, mas que não respondeu às perguntas. Ela e o jurista Miguel Reale Junior dividirão o tempo da acusação. Depois, falará o advogado de defesa José Eduardo Cardozo. A fase de debates só deve começar à tarde. ´



Nenhum comentário:

Postar um comentário