escritório

escritório

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

LÉO PINHEIRO CAUSA PÂNICO NA CLASSE POLÍTICA

O ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, está dando de cabeça à classe política (todos os partidos), se for admitida a sua delação premiada, contida pelo MP, até agora.
Ele disse que está sofrendo com as consequências da Operação Lava Jato e que vai revelar todos os crimes que cometeu ‘seja quem for do outro lado’.
Para os investigadores, o recado de Léo Pinheiro soa como uma ameaça explícita a agentes políticos que teriam sido contemplados com propinas.
Léo Pinheiro admitiu ter cometido crimes e afirmou pela primeira vez sua vontade em colaborar com as investigações.
“Quero colaborar no que eu puder e agindo exatamente como agi aqui.
Eu sei dos crimes que eu cometi. Não estou fugindo de nenhum deles”.
Para o executivo, ele não estava interessado em evitar sua convocação para a CPMI, mas proteger, de forma geral, que as investigações não chegassem à OAS.
NEY LOPES

Nenhum comentário:

Postar um comentário