escritório

escritório

sábado, 29 de abril de 2017

A FALTA DE SENSIBILIDADE DO STF


IMG_1778O STF (Supremo Tribunal Federal) agiu com falta de sensibilidade social ao decidir ontem que funcionários públicos das áreas de saúde e educação poderão receber salários acima do teto constitucional. É uma decisão ruim, sobretudo num momento em que se discutem reformas que vão endurecer regras para aposentadoria e flexibilizar direitos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).
O governo tem dificuldade para fechar as contas públicas. Só neste ano, a meta fiscal prevê um rombo de R$ 139 bilhões. A equipe econômica já cortou despesas e investimentos e acabou parcialmente com desonerações feitas na gestão Dilma. Mesmo assim, será difícil cumprir a meta, porque a economia não está reagindo como previa o governo. A arrecadação de impostos continua baixa.

ROBSON PIRES


Nenhum comentário:

Postar um comentário