PR: E-MAIL RACISTA CONTRA VEREADOR FOI FORJADO

 Segundo relatório preliminar produzido pela Câmara Municipal de Curitiba, o e-mail racista recebido pelo vereador Renato Freitas (PT) foi forjado. Um servidor anônimo hospedado fora do Brasil enviou o material.

A Câmara enviou as informações ao Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), depois de a juíza Patrícia Bergonsi, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, conceder uma liminar que suspendeu a sessão do plenário que poderia cassar o mandato do parlamentar petista, na semana passada.

O Conselho de Ética da Casa pediu a cassação do petista, em virtude de uma manifestação na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

 O ato comandado por Freitas terminou com a invasão de manifestantes ao templo religioso.

Revista Oeste

Thank you for watchingCom o relatório, a Câmara pede à Justiça que reconsidere a liminar. Caso ocorra, o Legislativo municipal irá retomar a votação em plenário da cassação de mandato de Freitas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MEGA-SENA ACUMULOU