CASO IPEM/RN

Não é de hoje que as investigações sobre o caso IPEM/RN teriam sido iniciadas, veja um trecho da notícia publicada hoje na Tribuna do Norte:
"MPF encaminhou relatório para promotores estaduais - O relatório de auditoria do Inmetro, que foi uma das bases para a Operação Pecado Capital, foi remetido primeiramente para o Ministério Público Federal, como confirmou a Assessoria de Imprensa da Procuradoria da República do RN. Contudo, o procurador da República Kleber Martins de Araújo "declinou da competência" para investigar o caso. A decisão foi omologada por duas câmaras do MPF em Brasília e o processo remetido para o MPE.
Para o MPF, é mesmo a Justiça Estadual quem deve conduzir o processo sobre irregularidades no Ipem. Baseado nas informações disponíveis na época, o procurador observou que "não há notícia de que as supostas irregularidades apontadas no periódico tenham atingido a esfera desta autarquia federal (o Inmetro) de modo a conduzir uma eventual e futura demanda ao conhecimento da Justiça Federal", diz o texto da decisão. 
O texto foi assinado no dia 27 de julho de 2010. A defesa, por sua vez, alega que à época do envio ao MPF, os fatos relatados não continham a investigação sobre desvios de recursos. "Como não havia se chegado a essa possibilidade, o MPF declinou da competência", relata Antonio Carlos."
No jornal tem também cópia da "determinação" assinada pelo Dr. Kleber Martins, filho de Carioca, ainda em julho do ano passado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FUTEBOL NA TV