quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

CE: CID GOMES FOI BALEADO

Redação / Portal da Tropical

O senador Cid Gomes (PDT) foi alvejado com dois disparos de arma de fogo, nesta tarde (19), em Sobral, no Ceará. O ex-governador daquele estado tentava entrar com uma retroescavadeira no Batalhão onde policiais que não aderiram à greve estavam impedidos de sair por militares grevistas.
Ele foi socorrido e levado ao Hospital do Coração da cidade. Uma das balas atingiu a clavícula e outra perfurou o pulmão. Após realizado uma drenagem, o estado de saúde dele é estável. Em boletim emitido pelo hospital, é confirmado que os disparos foram de arma de fogo. "vítima de ferimento por arma de fogo em região torácica. Após atendimento, segue apresentando boa evolução clínica. Seu quadro cardíaco e neurológico não apresenta alteração", diz a nota.
em uma rede social, o atual governador do estado do Ceará, Camilo Santana (PT) condenou a ação dos policiais, "inaceitável a extrema violência sofrida pelo Senador Cid Gomes, atingido por dois tiros, hoje, em Sobral. Violência provocada por um grupo de policiais mascarados amotinados num quartel". Camilo continua a mensagem dizendo que já havia solicitado formalmente apoio das tropas federais aos ministros Luiz Eduardo Ramos e Sergio Moro. "Esses crimes não ficarão impunes".
Antes, policiais encapuzados já teriam ordenados comerciantes de Sobral a fecharem as portas, situação que foi resolvida pela polícia civil. Os atos grevistas já foram declarados ilegais pela justiça do estado, considerando inconstitucional ações grevistas por servidores públicos da segurança pública.
A Categoria reivindica aumento salarial, mas uma proposta com esse fim está em trâmite na Assembleia Legislativa do estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário