terça-feira, 3 de setembro de 2019

RN: ESTADO NÃO APLICA O MÍNIMO OBRIGATÓRIO NA SAÚDE

O governo Fátima Bezerra está cavando um buraco no Estado sem tamanho. Nos primeiros 4 meses do ano foram arrecadados R$ 3,18 bilhões, como pelo limite constitucional tem que destinar obrigatoriamente 12% com a saúde, o valor gasto deveria ter sido de R$ 382 milhões. Ocorre que só foram gastos apenas R$ 271 milhões (8,52%), segundo o relatório do primeiro quadrimestre enviado pelo governo para Assembleia Legislativa. Ou seja, R$ 111 milhões a menos que o limite imposto pela constituição.

O resultado, a pior crise da história da saúde pública do Estado.

Gustavo Negreiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário