segunda-feira, 21 de junho de 2021

CORONAVÍRUS: NOVO ESTUDO COMPROVA EFICÁCIA DA IVERMECTINA

 Uma publicação do American Journal of Therapeutics de 17 de junho de 2021 deve jogar um balde d’água nos críticos do tratamento precoce e da profilaxia medicamentosa para a Covid-19 na CPI do Senado

“Ivermectina para prevenção e tratamento da infecção por COVID-19: Uma revisão sistemática, meta-análise e análise sequencial do ensaio para informar as diretrizes clínicas”, diz a publicação.

O trabalho de pesquisadores do Reino Unido e Irlanda irá dividir a pauta e as discussões com o aguardado depoimento do deputado Osmar Terra, destacado defensor de drogas reposicionadas.

A metanálise envolveu 15 estudos e revelou que a Ivermectina reduziu o risco de morte em 62% e a infecção pelo novo coronavírus em uma média de 86%. O resumo do trabalho respalda a orientação do Comitê Científico da Prefeitura de Natal desde o início da pandemia.

Evidências de certeza moderada mostram que grandes reduções nas mortes por COVID-19 são possíveis usando Ivermectina.

O uso de Ivermectina no início do curso clínico pode reduzir os números que progridem para doença grave.

A aparente segurança e baixo custo sugerem que a Ivermectina provavelmente terá um impacto significativo na pandemia de SARS-CoV-2 em todo o mundo.

Com informações do Blog Território Livre

Fonte: Portal Grande Ponto

Nenhum comentário:

Postar um comentário