escritório

escritório

terça-feira, 26 de maio de 2015

BRIGA ENTRE JOGADORES DO ABC?



Um episódio triste.
Claro, não é primazia do ABC, mas acontece, e muitas vezes pode ser muito prejudicial.
Os jogadores Kayke (foto) e Lima, atacante e ala, se pegaram aos tapas no vestiário do ABC após a partida contra a Luverdense.
O atrito se deu por conta de reclamações de lado a lado, provavelmente por conta do incrível gol perdido pelo atacante.
O mais grave é que na hora da briga. Não fosse a intervenção de Ranielle Ribeiro, fisicultor, e Marcelo Henrique, Fisiologista, os dois estariam brigando até agora.
Exagero á parte, o certo é que o treindor interino e nem o superintendente de futebol tomaram qualquer atitude.
E será que a direção vai punir os brigões ou vai ignorar?

Recebi uma ligação do diretor de marketing, assessor direto do vice-presidente para assuntos institucionais, Rogério Marinho, jornalista Stênio Dantas negando veementemente que tenha havido “troca de tapas”, briga entre Kayke e Lima.
Stênio afirma que estava ligando para contestar, negar a informação porque se cercou de todos os cuidados, ouviu as pessoas citadas e, todas elas, jogadores envolvidos, funcionários, negaram a informação.
O dirigente afirma que o que houve foi um discussão, cobrança natural entre os próprios jogadores, e admite até que aconteceu das vozes se alterarem, mas não passou disso.
Ele alegou que “mentiu quem passou a informação” e por isso ligou pedindo a reparação. Afirmou ainda que se não tivesse certeza de que o fato era falso, não não teria ligado.
Está feita a reparação.
Está colocada em postagem a versão da diretoria do clube, que tem o direito, como todos.

EDMO SINEDINO

Nenhum comentário:

Postar um comentário