O RISCO DO USO INADEQUADO DA TADALAFILA

 Bin Laden revelou no BBB 24 que inclui a Tadalafila em sua rotina de treinos, um medicamento recomendado para tratar disfunção erétil. Ele explicou que toma o medicamento por causa da academia e que o utiliza de forma controlada, afirmando não ter baixa libido.

Essa declaração levanta preocupações entre especialistas, que alertam para os perigos do uso indiscriminado da Tadalafila, especialmente por pessoas sem disfunção erétil. No entanto, o uso do medicamento associado à musculação está se tornando cada vez mais comum.

A Tadalafila atua dilatando os vasos sanguíneos, o que pode levar a um aumento momentâneo do fluxo sanguíneo durante o exercício. No entanto, o medicamento não tem originalmente essa função.

De acordo com o Urologista, Dr. João Alberto Lins, o propósito original do medicamento seria de tratar a disfunção sexual, de origem orgânica, causada por diversos problemas que atuam na fisiopatologia da ereção.

“Ela age a nível vascular aumentando o fluxo sanguíneo que chega ao pênis melhorando a ereção”; disse.

Riscos do uso de Tadalafila sem orientação médica

Dr. João citou alguns riscos que podem prejudicar quem usa o medicamento sem indicação médica; veja quais são: Risco cardíaco, com queda da pressão arterial principalmente em pacientes que já fazem uso de outras medicações, sobretudo os nitratos. Os efeitos colaterais da tadalafila podem incluir dor de cabeça, dor nas costas, indigestão, congestão nasal, rubor facial e dor muscular. Em casos raros, podem ocorrer efeitos mais graves, como alterações na visão, diminuição ou perda repentina da audição, ou ereção prolongada. É fundamental informar ao médico qualquer sintoma incomum durante o uso do medicamento.

O médico ainda alertou que o medicamento não tem indicação clinica para o uso energético, como algumas pessoas usam para pré-treino, e que essas pessoas podem sofrer efeitos principalmente psicológicos no futuro pelo uso inadequado da droga.

Polêmica Paraíba

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DESISTÊNCIA NO BBB