escritório

escritório

quinta-feira, 5 de maio de 2016

HUMOR


SÃO TOMÉ: GARI RECLAMA DE ATRASO DO SALÁRIO

Recebi uma mensagem ontem a noite de um Gari, funcionário da Prefeitura de São Tomé, reclamando que ainda não recebeu o pagamento devido.

Informou ainda que falta equipamentos de proteção individual.

Lamentável!!!

MINISTRO DO STF AFASTA EDUARDO CUNHA DO MANDATO DE DEPUTADO FEDERAL

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki determinou nesta quinta-feira (5) o afastamento do presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do mandato de deputado federal.

Relator da Lava Jato, o ministro concedeu uma liminar em um pedido de afastamento feito pela Procuradoria-Geral da República. e apontou 11 situações que comprovariam o uso do cargo pelo deputado para “constranger, intimidar parlamentares, réus, colaboradores, advogados e agentes públicos com o objetivo de embaraçar e retardar investigações”. Na peça, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chegou a classificar o peemedebista de “delinquente”.

O peemedebista foi transformado em réu no STF, por unanimidade, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro sob a acusação de integrar o esquema de corrupção da Petrobras, tendo recebido neste caso US$ 5 milhões em propina de contratos de navios-sonda da estatal.

Na Lava Jato, o deputado é alvo de outra denúncia, de mais três inquéritos na Corte e de outros três pedidos de inquéritos que ainda aguardam autorização de Teori para serem abertos. As investigações apuram o recebimento de propina da Petrobras e o uso do mandato para supostas práticas criminosas.

“Ante o exposto, defiro a medida requerida, determinando a suspensão, pelo requerido, Eduardo Cosentino da Cunha, do exercício do mandato de deputado federal e, por consequência, da função de Presidente da Câmara dos Deputados”, diz trecho da decisão.
Cunha será substituído por outro investigado na Lava Jato, o deputado Waldir Maranhão 

(PP-MA).

FOLHA



quarta-feira, 4 de maio de 2016

SP: MILITANTE DO MTST BALEADA DURANTE MANIFESTAÇÃO


 


Militante do MTST foi baleada durante manifestação em SP

Postado por Agência PT, em 4 de maio de 2016 às 15:35:04
Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST)  divulgou uma nota na tarde desta quarta (4) informando que a sem-teto Edilma Aparecida Vieira dos Santos, de 36 anos, foi baleada durante manifestação rumo à Prefeitura de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, no início da tarde desta quarta-feira (4).
Segundo o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Edilma foi baleada quando cerca de 500 pessoas marchavam rumo à Prefeitura de Itapecerica, onde seriam recebidos para reunião sobre moradia.
De acordo com o MTST, Edilma foi baleada por um ocupante de um carro modelo Corsa preto. Ela foi levada ao Pronto-Socorro Municipal de Itapecerica. O carro foi localizado instantes depois, ainda em Itapecerica. O suspeito de ter realizado o disparo foi detido.
O MTST foi à delegacia registrar ocorrência e “exige das autoridades do Estado de São Paulo providências imediatas contra o agressor” e informou que Edilma passa por cirurgia e informará em breve seu estado de saúde.

O AMÉRICA-RN FOI CITADO EM PROCESSO DA LAVA-JATO


Confira a reportagem da ESPN Brasil na íntegra:
"No pedido de investigação do ex-presidente Lula e do deputado Eduardo Cunha feita pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o clube América-RN é citado. No relatório da PGR, entregue na última segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal, foi transcrita uma mensagem entre executivos da OAS, empresa que construiu o o estádio e está envolvida na operação Lava-Jato.
De acordo com o documento, o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, envia mensagem para um filho do dono da construtora a respeito da Arena das Dunas.
'Henrique Alves me ligou x nossa negociação com o América de Natal. Falo-me do nº de cadeiras: 1650 para 2000. E do valor mensal: 50 mil para 100 mil. Vc vê com Cadu? Bjs'
Segundo as investigações, a mensagem foi enviada em 26 de março de 2013, às 17h47min48s.
Na mesma época, o América-RN fechou negociação para usar a Arena, construída pela OAS, para a Copa, além de contrato de patrocínio de R$ 100 mil por mês.
O diálogo foi transcrito na página 10 do pedido, no capítulo que tem o objetivo de mostrar "novas provas colhidas" para embasar pedido de investigação sobre Lula, Cunha e outras pessoas com foro privilegiado, entre elas o ex-parlamentar Henrique Eduardo Alves. Á época da interceptação da conversa citada na reportagem, ele fazia campanha para governador do Rio Grande do Norte.
Léo Pinheiro é ex-sócio e ex-presidente da construtora. Ele foi condenado há 16 anos de prisão pela operação Lava-Jato.
A reportagem ainda não conseguiu contato com Henrique Eduardo Alves."

ANASTASIA APRESENTA RELATÓRIO FAVORÁVEL AO IMPEACHMENT

Após mais de uma hora do início da sessão da Comissão Especial do Impeachment do Senado desta quarta-feira (4), finalmente o relator do processo, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), começou a apresentar seu parecer de 126 páginas favorável à admissibilidade do processo contra a presidenta Dilma Rousseff.
Sem surpresas e rejeitando as argumentações da defesa e de senadores aliados de Dilma no colegiado, Ansatasia defendeu a continuidade do processo no Senado, mas decidiu não ampliar o espectro da investigação contra a petista, com informações da Operação Lava Jato. Na conclusão do parecer ele concentrou o voto nos temas já analisados pela Câmara dos Deputados.
Argumentos
Ao acatar os argumentos do pedido apresentado pelos advogados Janaína Paschoal, Hélio Bicudo e Miguel Reale Jr., Anastasia considerou que há indícios de crime de responsabilidade suficientes para justificar o afastamento temporário de Dilma – por 180 dias – e iniciar a fase de instrução do processo.
O processo tem dois pontos principais contra a presidenta. O primeiro trata do atraso de pagamentos do Tesouro Nacional ao Banco do Brasil, que ficou conhecido como pedaladas fiscais. Segundo os autores do pedido, foi escondido o déficit fiscal e o banco teve de arcar com recursos próprios para o repasse de empréstimo a agricultores beneficiados com taxas diferenciadas pelo Plano Safra. Outro ponto é a edição de decretos de crédito suplementar sem aval do Congresso Nacional.
Próximos passos
Com o prazo de 24 horas de vista coletiva, que será concedida depois da leitura, a expectativa é que o parecer seja votado pelo colegiado nesta sexta-feira (6). Antes disso, amanhã (5) o advogado-geral da União, José Eduardo Cardoso, responsável pela defesa da presidenta, terá uma hora para contrapor as observações de Anastasia. Em seguida, os senadores passam a debater o parecer.
Para ser aprovado pelo colegiado, o documento precisa do apoio da maioria simples dos senadores, ou seja, metade mais um dos que estiverem presentes à sessão. Apesar disso, seja qual for o resultado, o texto segue para análise do plenário do Senado. Se admitido, também em votação por maioria simples, Dilma será imediatamente afastada do cargo por até 180 dias. Nesse período, o vice-presidente Michel Temer assumirá a Presidência da República.
Enquanto isso, no Senado a comissão especial retomará o processo para iniciar a fase de instrução e emitir novo parecer. Não há prazo para que o Senado faça o julgamento final sobre o impedimento da presidenta.
Histórico
A tramitação do impeachment teve início em dezembro do ano passado, quando o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), anunciou a aceitação dos argumentos dos advogados.
O processo tramitou em uma comissão especial criada para tratar especificamente do caso e, em pouco mais de 20 dias, concluiu e aprovou, por 38 votos a favor e 27 contra, o parecer do então relator, deputado deputado Jovair Arantes (PTB-GO).
O texto foi submetido ao plenário da Casa que, no dia 17 de abril, autorizou a instauração do processo com o placar de 367 votos a favor, 137 contra, 7 abstenções e 2 ausências.
Agência Brasil

NATAL: HOSPITAL PAPI ANUNCIA PARALISAÇÃO DE NOVOS ATENDIMENTOS


IMG-20160504-WA0012IMG-20160504-WA0013IMG-20160504-WA0014

NOTA DE FALECIMENTOS

A cidade de São Tomé amanheceu mais triste no dia de hoje com a notícia que duas pessoas faleceram nas últimas horas.

Uma foi Rejane Amaral, irmã de Chagas Amaral. A outra foi Edilaine, filha da Valdeira Aires.

Meus sinceros sentimentos.

CURRAIS NOVOS: EX-PREFEITO CONDENADO POR IMPROBIDADE

O juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, da Vara Cível de Currais Novos, condenou o ex-prefeito do município, José Marcionilo de Barros Lins Neto, pela prática de improbidade administrativa devido a inexigibilidade de licitação no contrato da empresa Márcio Costa Eventos, Viagens e Publicidade para a realização do evento “Carnaval 40 graus – Folia e arte na medida certa”. Na sentença, o juiz aponta que o Ministério Público não comprovou a prática de atos de improbidade pelo ex-gestor da Fundação José Augusto (FJA), François Silvestre.
Segundo a sentença, o ex-prefeito José Lins deverá ter seus direitos políticos suspensos pelo prazo de cinco anos. Também foi imposta multa de 20 vezes o valor do último subsídio que o mesmo recebeu dos cofres do Município. O ex-gestor também fica proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.
Já a empresa Márcio Costa Eventos, Viagens e Publicidades também fica proibida de contratar com o Poder Público ou receber benefícios pelo mesmo prazo estabelecido ao ex-gestor, assim como terá que paga uma multa em cinco vezes o valor do último subsídio recebido dos cofres da cidade.
O caso
O Ministério Público Estadual ingressou com Ação Civil Pública buscando a responsabilização dos réus pela prática de contratação irregular da Empresa Márcio Costa Eventos, Viagens e Publicidade para a realização do evento denominado Carnaval 40 Graus - Folia e Arte na medida certa.
O magistrado declarou ilícita a contratação da referida empresa ressaltando que a inexistência de procedimentos de licitação propicia os contratos baseados em “ligação próxima” com pessoas “ligadas ao Prefeito”. Dessa forma, a negociação feriu os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, estabelecidos no art. 37 da Constituição Federal.
Artistas consagrados
A Lei de Licitações estabelece que “é inexigível a licitação quando houver inviabilidade de competição, em especial, para contratação de profissional de qualquer setor artístico, diretamente ou através de empresário exclusivo, desde que consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública”.
Entretanto, o magistrado aponta que o Município não efetuou a contratação de profissionais do setor artístico, mas sim de empresa de eventos. O juiz Marcus Vinícius observa ainda que o ex-prefeito em nenhum momento “fundamentou a inexigibilidade de licitação na consagração pela crítica especializada ou pela opinião pública, da banda 'Encontros Magníficos', conforme narrado na inicial”.
O julgador declara “com todo respeito à banda 'Encontros Magníficos', que não existe comprovação da consagração das mesmas perante a crítica especializada ou mesmo perante à opinião publica, justificadoras da inexigibilidade de licitação. Enfatizo, por necessário, que em nenhum documento sequer foi alegada a consagração pela crítica ou mesmo pelo público, em relação à banda contratada, ficando a mesma a mercê de contratos fraudulentos como o existente entre o MUNICÍPIO DE CURRAIS NOVOS e a empresa MÁRCIO COSTA EVENTOS, VIAGENS E PUBLICIDADES”.
(Ação Civil Pública nº 0102697-98.2013.8.20.0103)
TJRN


A PRAZO FINAL PARA DILMA RENUNCIAR É 11 DE MAIO

Faltam 7 dias para a sessão do Senado que vai votar o afastamento da presidente Dilma Rousseff.

Se o placar anunciado – 51 favoráveis – se confirmar, Dilma será afastada por até 180 dias.

E automaticamente já perde os direitos políticos por 8 anos.

Foi assim que aconteceu com Collor, que até tentou evitar, renunciando antes do julgamento final.

Se Dilma quiser manter seus direitos políticos, terá que renunciar antes do dia 11 de maio.

Agora, nesses 7 dias.

No Palácio do Planalto, gavetas com objetos da presidente já estão sendo esvaziadas e o materia sendo levado para o Palácio da Alvorada, onde ela permanecerá morando.

Se no julgamento final não voltar ao cargo, terá que se mudar.


THAÍSA GALVÃO

HENRIQUE DESMENTE ACUSAÇÕES

O deputado Henrique Alves, praticamente confirmado para ocupar o Ministério do Turismo, no governo de Michel Temer, divulgou nota incisiva, reafirmando não serem procedentes as insinuações de que estaria envolvido em denuncias divulgadas na mídia.
Declara o parlamentar e futuro ministro:
“Não recebi intimação, portanto, desconheço qualquer processo.
Acredito nas instituições, especialmente no trabalho do Ministério Público Federal. 
E em sendo verdade, será uma ótima oportunidade para esclarecer possíveis equívocos.
De qualquer maneira saliento que todas as minhas doações foram registradas no Tribunal Superior Eleitoral e todos anseios do meu Estado foram tratados de forma institucional com absoluto zelo a coisa pública e ética na política.”
NEY LOPES

RN: MAIS MUDANÇAS NO GOVERNO

As mudanças continuam no governo estadual.

O diário oficial traz hoje a inesperada exoneração do Diretor Geral do ITEP, o perito da Polícia Federal, Odair de Souza Glória Júnior.

Odair fazia um extraordinário trabalho a frente do Instituto.

Já na Fundação José Augusto, está confirmada o nome de Isaura Rosado.

Isaura já foi presidente da Fundação em duas oportunidades, e volta como indicação do PP, que tem seu irmão, o ex-deputado Betinho Rosado como presidente.

A nomeação deverá constar no DO desta quinta-feira.



terça-feira, 3 de maio de 2016

SÃO TOMÉ NO "ROTA INTER TV"

Leo Souza se transforma em 'médico' para surpreender telespectadora (Foto: Sérgio Luis / Inter TV RN)
Leo Souza se transforma em 'médico' para surpreender telespectadora (Foto: Sérgio Luis / Inter TV RN)

Desde que largou os estudos da medicina, o apresentador do Rota Inter TV não poderia imaginar que voltaria usar o jaleco branco, mas isso aconteceu durante as gravações do programa especial das mães, na cidade de São Tomé, região Potengi do Rio Grande do Norte.
Realizando o quadro ‘Fã do Rota’, Leo Souza e a equipe do programa fizeram uma força tarefa para enganar e tirar do sério uma mãe-telespectadora do programa.
A surpresa envolve também filha da telespectadora, que é autora da idéia e quem escreveu para o programa relatando o quanto a mãe é fascinada pelo conteúdo do Rota.
Rota Inter TV dedicado as mães vai ao ar neste sábado (07), logo após o Jornal Hoje.
G1 RN

DEFINIDA ARBITRAGEM PARA FINAL DE DOMINGO

Héber Roberto Lopes, FIFA de Santa Catarina vai apitar a final do Estadual , sábado no Frasqueirão. Ele ganhou o sorteio do aspirante FIFA,Jean Pierre Gonçalves Lima que apitou o primeiro jogo.

Ele será auxiliado pelo mineiro Guilherme Dias Camilo,eleito ano passado o melhor assistente do Brasileiro, e pela catarinense Neusa Inês Back, os dois FIFA. Neusa foi escolhida para trabalhar nas Olimpíadas.

Zandick Gondim e Ruan Neres, CBF/RN atuarão como quarto e quinto árbitros.


MARCOS LOPES

JUSTIÇA LIBERA WHATSAPP


Foto: Reprodução/EBC
Foto: Reprodução/EBC
O desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe, Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima, deferiu hoje (3) um pedido de reconsideração do WhatsApp e determinou que o serviço seja liberado em todo o país.
 
A medida revoga decisão do desembargador Cezário Siqueira Neto, que havia negado o recurso apresentado pelo Facebook, dono do Whatsapp, para liberar o aplicativo.
 
A liberação do serviço depende agora das operadoras de telefonia, que devem ser notificadas da decisão.
 
O WhatsApp está sem funcionar desde às 14h de ontem, quando todas as prestadoras de serviços de telefonia móvel foram intimadas a cumprir determinação do juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto (SE), a pedido da Polícia Federal e do Ministério Público. Inicialmente, a medida valeria por 72 horas, ou seja, até as 14h de quinta-feira (5).
 
Com informações da Agência Brasil. 

NATAL: MST BLOQUEIA BR-101 MAIS UMA VEZ


Fotos: Thalles Ikaro Costa/Via Certa Natal


Pelo segundo dia consecutivo o MST bloqueia a rodovia BR101 na altura do Centro Administrativo sentido sul.

Todo o transito na região de Lagoa Nova complicado como avenidas Salgado Filho, Hermes da Fonseca e Lima e Silva.

JANOR PEDIU AO STF ABERTURA PARA INVESTIGAR AÉCIO NEVES E CÚPULA DO PMDB


O Globo

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) abertura de dois inquéritos para apurar o envolvimento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) com desvio de dinheiro de Furnas Centrais Elétricas e com maquiagem de dados do Banco Rural. Janot também solicitou a abertura de inquéritos contra o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva (PT), e os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros, ambos do PMDB.

Outros quatro peemebistas estão entre os nomes a serem investigados: Valdir Raupp, Jader Barbalho, Romero Jucá, apontado como homem forte de Temer, e Vital do Rêgo, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Os pedidos foram feitos com base na delação do senador Delcídio Amaral (sem partido-MS), um dos delatores da Operação Lava-Jato.

 Também com base na delação de Delcídio, o procurador-geral pediu abertura de inquérito contra do deputado Marco Maia (PT-RS), que ao lado de Vital do Rêgo, é acusado de cobrar propina para evitar depoimento de empreiteiros na CPI da Petrobras.

Renan, Jucá, Jader e Raupp poderão ser investigados por supostos desvios de dinheiro da usina hidrelétrica de Belo Monte. Fraudes nas obras da hidrelétrica também foram denunciadas por ex-dirigentes da Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez.

No inquérito sobre desvio de dinheiro em Furnas, Aécio deverá ser investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Janot fez o pedido com base nas delações de Delcídio e do doleiro Alberto Youssef. O procurador pede ainda que, se o inquérito for aberto, o presidente do PSDB e o ex-presidente de Furnas Dimas Toledo, com quem teria ligações, sejam interrogados em até 90 dias.

Num dos depoimentos, Delcídio disse que Dimas era operador de um esquema de distribuição de propinas em Furnas e que “um dos beneficiários dos valores ilícitos, sem dúvida, foi Aécio Neves”. Segundo o senador, a estrutura montada por Dimas abastecia também políticos do PP e do PT. O senador até relata um diálogo que teve com o ex-presidente Luz Inácio Lula da Silva em 6 de maio de 2005, durante uma viagem de avião.

Lula perguntou quem era Dimas Toledo e, em seguida, explicou a curiosidade. “Eu assumi e o Janene veio pedir pelo Dimas. Depois veio o Aécio e pediu por ele. Agora o PT, que era contra, está a favor. Pelo jeito, ele está roubando muito”, teria dito Lula, segundo Delcídio. Toledo teria sido indicado para Furnas por José Janene, ex-presidente do PP já falecido, numa pareceria com Aécio. O senador não queria aparecer como padrinho do dirigente.

Antes de Delcídio, o nome de Aécio foi vinculado a desvios em Furnas por Alberto Youssef. Num dos depoimentos da delação premiada, o doleiro apontou Aécio como beneficiário de propinas mensais pagas pela Bauruense, uma das empresas prestadoras de serviços a Furnas. Os pagamentos a Aécio seriam intermediados pela irmã dele. Youssef disse que soube do suposto envolvimento de Aécio numa conversa com o amigo e sócio Janene.

Na primeira etapa das investigações, Janot considerou as acusações de Youssef insuficientes e pediu arquivamento do caso. Agora, depois das declarações de Delcídio, o procurador-geral entendeu que as informações são suficientes para desarquivar o caso anterior e abrir um inquérito específico para investigar o suposto envolvimento de Aécio e outros políticos com desvios de dinheiro em Furnas.

No pedido de abertura de inquérito, Janot lembra ainda que durante a Operação Norbert, no Rio de Janeiro, foram apreendidos documentos sobre contas no exterior da Fundação Bogart and Taylor, que está em nome de Inês Maria Neves Faria, mãe de Aécio. Os documentos estavam em poder dos doleiros Christiane Puchmann e Norbert Muller. Os dois são acusados de criar empresas e contas no exterior para ajudar clientes a esconder dinheiro em outros países.




O CLIMA ESQUENTOU ENTRE OS SENADORES CAIADO E LINDBERGH FARIAS


brigaOs senadores Ronaldo Caiado (DEM-GO) e Lindbergh Farias (PT-RJ) protagonizaram uma áspera discussão no início da noite desta segunda-feira (2), levando à interrupção temporária dos trabalhos da comissão do impeachment no Senado. O bate-boca culminou com o oposicionista desafiando o colega petista a repetir acusações proferidas durante o entrevero “lá fora [da sala onde funciona o colegiado]”.
“Fala lá fora, seu merda!”, bradou Caiado, repetindo o desafio feito em 29 de outubro do ano passado, ao então ministro de Minas e Energia, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), durante audiência pública da Comissão Mista sobre Mudanças Climáticas do Senado – na ocasião, Caiado também chamou o interlocutor para a briga.
“Mentiroso! Mentiroso!”, retrucou Lindbergh. A essa altura da confusão, ambos já estavam de pé. Caiado foi contido por senadores ao ameaçar se aproximar do petista.

ROBSON PIRES

COLUNA DE MARCOS LOPES

1-  A FNF antecipou para sexta-feira, dia 6, dois jogos da sexta rodada do Estadual Sub-17, originalmente marcados para o sábado. Palmeira x América jogam à uma da tarde e às três horas tem Clube Atlético Potengi x Globo. Está mantido para o sábado, nove da manhã, o confronto entre Santa Cruz x Riachuelo

2- Decisão do Estadual aberta e sem favorito para sábado. O empate em 3×3 na Arena das Dunas, projeta casa cheia para o Frasqueirão, onde o ABC destinou a cota de 10% ( 1.400 ingressos )  para a torcida visitante, que começa ser vendida hoje. O primeiro lote é de 700 ingressos

3- Arena das Dunas, capacidade para 31.375  torcedores, no primeiro jogo da final teve público de menos de 15 mil. Capacidade do estádio Frasqueirão de 15.800 torcedores. Casa cheia? Tudo indica que sim, que carga de ingressos deve esgotar

4- Setor de zaga, o calcanhar de Aquiles do treinador Geninho. O ABC só tem dois zagueiros com qualidade técnica, Gustavo Bastos que ontem conversou com a diretoria e superou aquele lance da postagem no twitter, que segundo o jogador ele não foi o autor, e Léo Fortunato que espera resultado de exame para avaliar se tem condições ou não de jogo. Sem um ou outro, o bicho pega na zaga alvinegra

5- No América, Lúcio Curió deve voltar ao ataque rubro, mas como Moura vai montar o time? Rômulo se tiver condições clínicas penso que não pode sair, Curió entendo que é titular e Thiago Potiguar é peça importante para o objetivo do América. Semana fechada no América e tempo para Moura trabalhar o time