quinta-feira, 5 de março de 2015

MAIS FOTOS DO ANIVERSÁRIO DOS 87 ANOS DE VOVÓ (TEREZINHA DE FELU)





















NATAL: CHEFÃO DO TRÁFICO É MORTO


67o96494
Mais um homicídio foi registrado no bairro do Passo da Pátria, zona Leste de Natal. A vítima foi José Acácio do Nascimento, conhecido pela população como “Jarrinho”.
O crime aconteceu na entrada do Passo da Pátria, por trás de uma escola em um terreno baldio. A vítima foi morta a tiros de revólver calibre 38, e outro tiro de espingarda calibre 12 no lado esquerdo da cabeça.
Jarrinho já teve passagens pela polícia por diversos crimes e era tido como um dos chefões do tráfico em um bairro da zona Norte. Uma batalha pelo comando pode ter sido o motivo principal do crime.




Fonte: Com informações de 190RN.com

MAIS UMA DE ADRIANO "IMPERADOR"


76o0679449
Adriano Imperador voltou a causar polêmica. O atacante foi visto entrando em um motel no Rio de Janeiro na companhia de 18 garotas de programa. Além do jogador, vários integrantes de um grupo de pagode estavam presentes na festinha privada.
O Imperador ainda carregava R$ 60 mil em dinheiro vivo no bolso para pagar as meninas. A informação é do jornal Extra!
E não é primeira confusão de Adriano com mulheres. O Imperador sempre deixa rastros explosivos também em seus romances. Agora, a sua ex-Joana Machado, com quem namorou em 2009, está pegando no pé de outra ex do polêmico garanhão
Trata-se da bela Bruna Gonzaga, que manteve um relacionamento com o jogador de futebol durante o mês de outubro de 2013
O romance entre Adriano e Bruna foi rápido, mas eles chegaram a serem vistos juntos algumas vezes
Bruna, estudante de Psicologia, não gostou do fato de Adriano ter se reaproximado de sua ex-noiva, a estudante de Odontologia, Renata Fontes, que estava grávida de Lara, filha de Adriano, nascida no início de 2014, e terminou o relacionamento.



Fonte: R7

SÃO TOMÉ: POSTAGEM DE LIANA NO FACEBOOK



NOTA DO BLOG: Liana foi vítima de bala perdida no último sábado.

SÃO TOMÉ: MAIS UM HOMICÍDIO...

A violência continua em São Tomé, acabou de acontecer mais um homicídio em plena luz do dia.

O crime aconteceu agora a pouco nas proximidades do matadouro público municipal.

O comentário é que a pessoa que morreu era conhecido como Eduardo filho de Geraldo.

Em breve mais informações.



DEPUTADO DEFENDE CRIAÇÃO DA "POLÍCIA NATALENSE"


O deputado estadual Álvaro Dias (PMDB) chamou a atenção em seu pronunciamento na Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira (4), para a necessidade de uma política de combate ao crime no Rio Grande do Norte. O parlamentar defende a criação de uma polícia municipal e do fortalecimento da Guarda Municipal para combater o crime em Natal. Ele citou exemplos de cidades que adotaram modelos semelhantes de políticas para combater o problema, como Bogotá e Nova.

BLOG DO PRIMO

HENRIQUE DEVE ESCAPAR DA LISTA

FD/Brasília
A exclusão da "Lista de Janot" dará a Henrique um "nada consta" valioso para futuros embates eleitorais.
Falta pouco, só um pouquinho, para o ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB) respirar aliviado. O ministro Teori Zavascki (STF) deverá derrubar o sigilo das investigações da Lava Jato até amanhã (6).
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu para investigar 54 políticos, entre senadores e deputados, em 28 inquéritos, e solicitou sete arquivamentos.
Entre os pedidos de arquivamento deve estar o nome do político potiguar. É o que relata a Folha de São Paulo na capa de sua edição desta quinta-feira (5).
Diz a Folha: "Janot sugeriu que o ex-presidente da Câmara Henrique Alves não seja investigado".
Se a informação for confirmada na derrubada do sigilo dos casos, Henrique deverá ao lado da presidente Dilma Rousseff (PT) e do senador Aécio Neves (PSDB), citados nas delações da Lava Jato mas sem indícios fortes de crime para que possam responder a inquérito.
A exclusão da "Lista de Janot" dará a Henrique um "nada consta" valioso para futuros embates eleitorais.
Afinal, ele foi alvo de vários questionamentos éticos durante a campanha da última eleição para o governo, em que perdeu para Robinson Faria (PSD).
Entre as acusações contra o ex-deputado, ocorreram menções ao esquema de corrupção na Petrobras, e ao uso indevido de uma secretaria especial de governo em 2002, inquérito que corria no STJ.
Nesse início de 2015, Henrique se livra de todas as duas: foi inocentado no processo da secretaria, e deverá ter seu nome confirmado para arquivamento nas investigações da Lava Jato.
O desgaste político sofrido na campanha eleitoral, que lhe tirou votos na eleição, é como leite derramado: não dá para recuperar.
No longo prazo, Henrique deverá usar as duas decisões judiciais para rebater eventuais ataques dos adversários em futuros embates pelo poder.
No curto prazo, ele deverá usar o "nada consta" para assumir o Ministério do Turismo. 
Mas antes é preciso esperar o desanuviar das nuvens carregadas no céu de Brasília.

DIÓGENES DANTAS

RAPIDINHAS DO FUTEBOL POTIGUAR

América e Alecrim foram derrotados em jogos disputados na noite de ontem, o time rubro perdeu para o Vitória/BA por 3x1 em plena Arena das Dunas, complicando sua situação na Copa do Nordeste. Já o Verdão Maravilha foi eliminado da Copa do Brasil pelo Tupi/MG, após perder em casa (Goianinha) por 2x0.

O Abc foi o único time do RN que ganhou no dia de ontem, o alvinegro venceu a equipe do Boa Vista/RJ por 1x0, em jogo disputado em Saqurema/RJ.

quarta-feira, 4 de março de 2015

NOTA DE FALECIMENTO

Faleceu na madrugada de hoje, de mote natural, o Sr. FRANCISCO, mais conhecido com Chico de Zé Gago.

Meus sentimentos!

SÃO TOMÉ: IDEMA ENTREGA LICENÇA DE PARQUE EÓLICO


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
A diretoria do IDEMA e representantes da empresa Renova Energia se reuniram essa semana para a entrega da licença do Complexo Eólico Facheiro, o maior Parque Eólico da região central, que será instalado nas cidades de Lajes, Caiçara do Rio do Vento e São Tomé, no Rio Grande do Norte. A licença do complexo passou por diversos setores do IDEMA, desde o setor de licenciamento até o núcleo de unidades de conservação, sendo amplamente discutido, promovendo uma integração dessas coordenadorias com o objetivo de garantir maior competência a esse importante trabalho.
O IDEMA também promoveu duas audiências públicas com grande participação da população dos municípios atingidos diretamente pelo empreendimento onde foram apresentados a estrutura do projeto, montagem dos aerogeradores, política de resíduos sólidos, geração de empregos entre várias outras discussões de interesse da população da região.
No Complexo Eólico Facheiro serão implantados 23 parques, sendo 18 em Lajes com 143 aerogeradores; 4 em Caiçara do Rio do Vento com 25 aerogeradores e 1 na região de São Tomé, com 3 aerogeradores. Serão realizadas melhorias nas estradas que já existem na região, bem como a construção de novos acessos, para dar suporte aos canteiros de obras. Estima-se que no auge das obras, sejam gerados até 2 mil empregos para as regiões que receberão o Complexo.
“Esse projeto é de extrema importância para o Rio Grande do Norte e a implantação do complexo é aguardada pela população da região. Nós do Idema, trabalhamos em conjunto para estudar o projeto, avaliar, promover audiências e emitir a licença logo que possível”, afirmou Rondinelle Oliveira, Diretor Geral do IDEMA.
O Rio Grande do Norte é um dos principais Estados brasileiros em potencial de geração de energia dos ventos. O nome do complexo eólico foi dado por causa da vegetação de facheiros que é muito comum na região.

jornal de hoje

EDUARDO DA CUNHA E RENAN CALHEIROS SERÃO INVESTIGADOS

Brasília – Chegou no Supremo Tribunal Federal  na tarde desta terça-feira, 3, a lista dos 28 políticos que serão investigados na Operação Lava Jato, enviada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Ao todo, foram encaminhados 54 pedidos de abertura de inquéritos envolvendo 28 políticos. As solicitações serão avaliadas pelo ministro Teori Zavascki, do STF, que deve deferir ou indeferir os pedidos de abertura de inquérito até esta sexta-feira, 6, quando também tornará o conteúdo oficialmente público.
Dentre os que serão investigados estão os presidentes da Câmara e do Senado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Renan Calheiros (PMDB-AL), respectivamente. Ambos foram informados pelo vice-presidente da República, Michel Temer, na última sexta-feira, 27, de que constam como relacionados na lista de Janot, como investigados na Lava Jato. Pela lei, parlamentares com prerrogativa de foro devem ser julgados pelo Supremo e governadores pelo STJ.
Fonte: Estadão

BLOG: AS MAIS ACESSADAS

Postagens

EntradaVisualizações de página
390
1 de mar de 2015
382
324
314
2 de mar de 2015
283

FOTOS: MISS NATAL E MISTER RIO GRANDE DO NORTE

* FOTOS DE CANINDÉ SOARES






terça-feira, 3 de março de 2015

NATAL: RESULTADO DE PESQUISA ELEITORAL



fonte: blog do BG

FOTOS: CAPOTAMENTO NO PROLONGAMENTO DA PRUDENTE

FOTOS: Capotamento é registrado na tarde desta terça na prolongamento da Prudente

d7a01e2b21462997cf681fc77f906b969b161593cf8340ec191d96Fotos: Geraldo Miranda – 190 RN
Informações preliminares dão conta que um Corsa Classic tentou ultrapassar um Clio, e tocou na traseira do veículo Renault, que acabou tombando e em seguida capotando. Acidente foi registrado no fim da tarde desta terça, 3, nas proximidades do Sest-Senat. Felizmente, sem vítimas. Motoristas dos dois veículos não quiseram conversar com a imprensa até a divulgação desta notícia. Trânsito ficou lento no local.
Com informações do http://190rn.com/


Blog do BG: http://blogdobg.com.br/fotos-capotamento-e-registrado-na-tarde-desta-terca-na-prolongamento-da-prudente/#ixzz3TMWXfaGH

MORRE CANTOR SERTANEJO

O músico José "Rico" Alves dos Santos, voz principal da dupla Milionário e José Rico, morreu nesta terça-feira (3), aos 68 anos, no Hospital da Unimed de Americana, interior de São Paulo.  
O velório será nesta terça-feira, a partir das 19h, na Câmara Municipal de Americana, e será aberto ao público. O corpo segue para ser sepultado no Cemitério da Saudade, na mesma cidade, às 15h30 da quarta-feira (4).
A notícia da morte foi divulgada na página oficial dos artistas no Facebook. "É com muita dor no coração e profunda tristeza que comunicamos o falecimento do nosso ídolo José Rico", diz o comunicado. O cantor de sucessos como "Estrada da Vida" foi internado pela manhã, em Americana (SP), com problemas no coração, rins e joelho, ainda segundo a nota. 
"Vamos rezar por este homem que tanta alegria nos deu. É impossível descrever nossa tristeza, estamos todos em estado de choque", conclui a nota.
De acordo com a assessoria de imprensa, a dupla fez shows no sábado e no domingo no interior de São Paulo. José Rico teria sentido fortes dores na perna e cantou sentando em um banquinho.
Ainda segundo a assessoria, o músico tinha previsão de alta do hospital para esta terça e voltaria para São Paulo na quarta-feira, onde faria uma participação no programa "Ritmo Brasil", da RedeTV!.
Um dos últimos registros da dupla, que vendeu 35 milhões de discos em 43 anos de carreira, é uma participação no DVD ainda inédito de Victor e Leo, gravado no dia 29 de janeiro, em São Paulo. Na ocasião, a dupla cantou a música "Estrada Vermelha", composta por Victor.

UOL

AMÉRICA CONTRATA VOLANTE



Nome completo: Fabiano Donato Alves

Apelido: Fabiano
Natural: São Felipe/BA
Data nascimento: 01/12/1994
Idade: 20 anos
Altura:1,86m
Posição: volante
Clubes que defendeu: CFC, Categoria de base do Botafogo, Figueirense, Palmeiras e Corinthians, Flamengo/SP.


MUDANÇAS NA REDE TV DO RIO GRANDE DO NORTE

Comprada por um pastor da Assembleia de Deus, a afiliada da Rede TV no Rio Grande do Norte, que começou mantendo a grade de programação e os profissionais, vai mudando a cara.

O Jornal Verdade deixou de ser apresentado pelos jornalistas Juliana Celli e Túlio Lemos.

Há duas semanas a apresentadora deixou a emissora, onde também ocupava a gerência de jornalismo, para se dedicar a uma função na assessoria de imprensa da Assembleia Legislativa.

Logo depois, quando chegou para apresentar, Túlio Lemos foi informado que a TV não precisava mais dele…

O jornalista Eugênio Bezerra também saiu.

A equipe do programa de esporte também foi mandada embora.

E nesta segunda-feira foi a vez da extinção do Patrulha Policial.

Fora da emissora, o jornalista Miguel Weber.

Na nova grade da Rede TV, entrou no ar um noticiário, comandado pelo apresentador conhecido por BG, que também assumiu a gerência de jornalismo.

Entre os que saem e os que ficam, a preocupação: salários em atraso.


THAÍSA GALVÃO

REFORMA POLÍTICA

A desincompatibilização de cargos no Executivo para disputa da reeleição, o fim das coligações proporcionais e as mudanças nas regras para criação de partidos serão os primeiros temas da reforma política a serem votados no Plenário do Senado. Segundo o secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira, eles foram apontados pelos líderes como prioritários para a reforma e já devem entrar na pauta da sessão deliberativa desta terça-feira (3).
O presidente Renan Calheiros chamou uma reunião de líderes às 15h para definir a pauta da sessão. Sobre três propostas, no entanto, já há consenso. A primeira delas é a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 40/2011, do ex-senador José Sarney, que restringe as coligações partidárias. A matéria foi discutida na legislatura passada e aguarda votação em primeiro turno. Pelo texto, as coligações valerão somente para eleições majoritárias (presidente, governador, senador e prefeito), sendo vedada a associação de partidos para as disputas de deputados federais e estaduais e vereadores.

ROBSON PIRES

segunda-feira, 2 de março de 2015

A HISTÓRIA DE RAUL CAPITÃO - PARTE V


Cícero Lajes (historiador) - Amante que sou da historiografia local, há algum tempo pesquiso sobre pessoas, lendas, histórias, etc, para escrever causos locais. Ano passado, o estudante Ermenegildo Neto, achou uma edição da Revista Bzzz que muito me interessou, ela dedicou 8 páginas ao Lendário Raul Capitão. Eu dividi a matéria em 5 postagens, segue a quinta e última. 

                                Foto: Revista Bzzz 
 Escrito por Alice Lima - Fonte: Revista Bzzz, Março de 2014, ano 2, nº 9. 

 Edição secundária independente para a Internet: Blog Cícero Lajes

Para uma vida de excessos, as consequências às vezes tardam, mas aparecem. E com Raul não foi diferente. Em primeiro lugar, a saúde. A bebida o levou ao vício e o alcoolismos tomou conta por volta dos seus 55 anos. Começava beber religiosamente às 10h e só parava às 17h, quando ia dormir. Nesse intervalo, deixava de fazer negócios e multiplicar a fortuna para ir ao bar. A bebida escolhida variava com o período. Passeava pelo vinho, cerveja e uísque, em uma lógica só dele. Pela personalidade forte, a família nunca ousou interferir, pois não adiantaria. Nesse ritmo, quando ficou mais velho, precisou enfrentar a vida com o mal de Parkinson.

Aliada ao mal da bebida, viu a scheelita se desvalorizar e perdeu toda a produção de algodão da fazenda Ingá, na cidade de São Tomé. A "praga do bicudo", besouro de origem africana, dizimou plantações do Rio Grande do Norte no início dos anos 80. Foi a derrocada financeira da família. Restaram terras e casas em Lajes, Natal e Parnamirim, mas o tempo da conta bancária sem limites dava adeus.

Por fim, o amor e o ciúme destruidores. Entre casos conjugais sem importância, Raul se apaixonou perdidamente por _ _ _ _ _ (o nome consta na revista,  mas me permitam preservar a identidade da amante), o que, de acordo com a família, foi sua grande desgraça. O único período em que se afastou dos seus, pois ela morava em Natal. A ela, deu carro, casa e a paixão descontrolada.

Desconfiado de que a amante estaria com outro namorado, Raul saiu armado para matá-lo. O alvo era Ivan Cardoso de Carvalho, pai do deputado estadual Gustavo Carvalho (Pros - RN). Alcoolizado, ao chegar à cidade de Poço Branco, mirou naquele que considerava seu rival, mas atingiu o colega Paulinho Baé, que ficou entre os dois e morreu na hora.

Raul contou à família e se entregou à polícia poucos dias depois. Sempre assumiu a culpa, mesmo com orientações iniciais para que a atribuísse aos capangas. O destino do homem foi a Penitenciária João Chaves, hoje desativada, que ficou conhecida como "Caldeirão do Diabo".

O desembargador aposentado Caio Alencar, na época promotor do caso, lembra o dia marcante do julgamento. "Foi um crime que despertou a curiosidade de muita gente. O júri estava completamente lotado. O advogado de defesa era Cortez pereira e o juiz Sábato Barbosa", recordou Alencar.

O réu foi condenado a 26 anos de prisão. "Na João Chaves, papai fez amizade com a família e Joca Sininha, mas ele não ficava na cela, vivia passeando, inclusive no lado de fora. Saía para passar o final de semana na fazenda e acabou não voltando mais" , lembra a filha Maria de Fátima, que por um ano levou o café da manhã ao pai todos os dias. Reza a lenda que foi maltratado pelo famoso bandido à época chamado "Brinquedo do Cão".

Foi com o crime que Raul terminou a fortuna. Saiu distribuindo o dinheiro com todos os que pudessem facilitar a sua saída da prisão, de forma oficial e às escondidas. Foi na chácara em Parnamirim, onde atualmente mora parte dos filhos, que ele passou os últimos dias, e não no presídio no qual deveria cumprir sua pena em regime fechado.

E, como as mortes mais poéticas, o homem lendário, que explorou a vida em todas as formas, morreu dormindo, aos 78 anos, sem alardes, cenas de barbárie ou de vingança as quais se esperam do fim de um preso condenado pela justiça. Quem sabe é esse o último dos paradoxos de Raul Capitão, a lenda, que fugiu do padrão até no último adeus.

                                           Foto: Revista Bzzz 
A relação com a esposa... Maria era daquelas mulheres típicas do interior de tempos passados, criadas para casar e ter filhos. Daquelas que as músicas de Chico Buarque descrevem bem: uma Amélia, que todo dia fazia de tudo sempre igual. Foi uma grande companheira e tudo fez pelo seu Capitão. Não se deslumbrou com o dinheiro, cuidou dos filhos e teve uma vida triste, como lembra Maria de Fátima."Mamãe morreu triste, vítima de câncer, aos 64 anos".

Desde o surgimento de _ _ _ _ _(amante), Raul e Maria viviam apenas debaixo do mesmo teto, mas já não tinham relação de marido e mulher. Mesmo assim, os filhos lembram que ouviram uma discussão entre os dois. Apesar de tudo, o clima era de respeito e paz.

... E o destino de _ _ _ _ _ (amante) - Procurada pela Revista Bzzz, _ _ _ _ _ (amante) não quis falar sobre o assunto. Tornou-se evangélica e prefere não lembrar do que considera erros do passado. Para a família de Raul, as mágoas permaneceram e nunca quiseram contato com ela.

Após a condenação, Raul ainda continuou a encontrá-la, quando recebia suas visitas na prisão. Em uma das ocasiões, foi flagrada por duas das filhas-capitães e, por pouco, não protagonizaram cenas de agressão.


FONTE: BLOG DO CÍCERO DE LAJES

A HISTÓRIA DE RAUL CAPITÃO - PARTE IV

Cícero Lajes (historiador) - Amante que sou da historiografia local, há algum tempo pesquiso sobre pessoas, lendas, histórias, etc, para escrever causos locais. Ano passado, o estudante Ermenegildo Neto, achou uma edição da Revista Bzzz que muito me interessou, ela dedicou 8 páginas ao Lendário Raul Capitão. Eu dividi a matéria em 5 postagens, segue a quarta. 
 
 Escrito por Alice Lima - Fonte: Revista Bzzz, Março de 2014, ano 2, nº 9.

 Edição secundária independente para a Internet: Blog Cícero Lajes 

Não sai da memória de Romero o gosto do avô pelo que surpreendia os sentidos. "Uma vez saímos atrás de uma feira em São Paulo do Potengi porque contaram ao meu avô que lá tinha um galo que pesava 5 kg", lembrou o neto. E era nessas horas que dinheiro para ele valia a pena. Pagava qualquer preço.

Outra história interessante que envolve seus gostos surpreendentes e envolve a personalidade
imediatista e firme aconteceu na compra de um quadro. Um dia, Raul chegou a um bar e viu o quadro de uma pantera na parede. Lembrou-se de seu bicho de estimação preferido - a onça sem nome - e quis levá-lo para casa, mas foi desafiado pelo dono do bar. O comerciante disse que o dinheiro do capitão não compraria a peça. 

Foi aí que o agricultor ficou "brabo", como se diz no Nordeste, mandou abrir o banco e disse que tiraria o dinheiro "todinho, ficava liso", mas queria o quadro, o resultado é que não se sabe quanto pagou, com certeza muito, mas botou a tela de gosto duvidoso debaixo do braço, o chapéu na cabeça e, como um troféu, o levou para casa. Hoje, é uma relíquia da família que, de fato, carrega um valor que transcende o material.

"Desafiar o meu avô chegava a ser engraçado, era a certeza de que ele faria algo para superar. Um dia cheguei mostrando que comprei um veado que andava com um macaquinho nas costas. Horas depois ele comprou um carneiro que carregava a carroça", lembrou Romero. Raul tinha o hábito de chamar os próximos de "compadre", mesmo que fossem os netos, filhos ou irmãos.

Também eram do rico minerador os melhores cavalos da região. Mané Aroeira e Timbimba ficaram famosos nas vaquejadas, num tempo em que os prêmios não passavam de troféus e do reconhecimento pela bravura do vaqueiro.

Raul soube da existência de oito bois treinados que montavam a carroça sozinhos, Onde eles foram parar, é fácil imaginar. Na fazenda Bonfim.

FONTE: BLOG DO CICERO DE LAJES

A HISTÓRIA DE RAUL CAPITÃO - PARTE III

Cícero Lajes (historiador) - Amante que sou da historiografia local, há algum tempo pesquiso sobre pessoas, lendas, histórias, etc, para escrever causos locais. Ano passado, o estudante Ermenegildo Neto, achou uma edição da Revista Bzzz que muito me interessou, ela dedicou 8 páginas ao Lendário Raul Capitão. Eu dividi a matéria em 5 postagens, segue a terceira.

                 Raul Capitão - Imagem retirada do Facebook de Flaudenízia Silva 
 
 Escrito por Alice Lima - Fonte: Revista Bzzz, Março de 2014, ano 2, nº 9.
 Edição secundária independente para a Internet: Blog Cícero Lajes 
Pelos excessos que cometia, muitas histórias atribuídas à Raul não passam de lendas, de acordo com a família. Outras que parecem lendas, garantem que são reais.
                            
 Foto: Revista Bzzz, no entanto me parece que a onça de Raul era uma parda. Vou apurar.
A onça - Dizem que Capitão criava uma onça para prender pessoas em sua jaula como castigo. Na verdade, ele era apaixonado por bichos. Um dia foi a um circo e viu três animais passando fome: uma onça, um urubu rei e um veado. Não pensou duas vezes e levou-os para casa, onde foram cuidados até o fim. O felino, que não tinha nome, era o grande sucesso. Raul adaptou um automóvel e constantemente o levava para passear pela cidade. Não há registros de pessoas feridas pelo animal, que era considerado bastante manso, por incrível que pareça.

Queimava dinheiro - Falam que o homem era tão rico que queimava dinheiro por brincadeira. Ele gostava muito do que a condição financeira poderia proporcionar na vida e não o desperdiçaria. Pelo contrário, aproveitou todas as notas com afinco. Os sacos, aos montes, eram vistos nos dias de pagamento, mas iam direto para os bolsos dos garimpeiros, aos sábados, além da sua própria conta bancária, claro.

O pagador de contas - Pelo menos uma de suas principais famas segue à risca. Quando chegava aos bares e serestas, pagava a conta de todos os presentes e mandava o dono avisar: "A quem perguntar, diga que Raul Capitão já passou e pagou". Não foi autor de obras sociais, de certo nem as conhecia, porém é famoso por pagar as contas, principalmente de alimentos, de pessoas pobres. "Tá com fome? Vá lá no mercado, comida e diga que o capitão quem mandou".

Pavio curto - Raul tem algo que lembra o famoso "Seu Lunga". Curto e grosso. Em seu último lar, na granja da BR 304, ele gostava da mesa de jantar encostada à parede e sempre sentava na mesma cadeira. Todos os dias, na hora da refeição, pela aproximação, o braço batia na parede. ao notar a cena repetitiva, um filho comentou que seria melhor afastar a mesa. Imediatamente, o patriarca respondeu:"Ninguém mexe na mesa, vou mandar abrir um buraco na parede". No outro dia, estava lá o espaço mantido até hoje. História contada e comprovada pelo neto Romero.
                           
                                Foto: Revista Bzzz, canto de parede retirado por Raul Capitão
Exímio atirador - O minerador atirava como ninguém. Mesmo nos últimos anos de vida, praticava o tiro ao alvo. Os netos garantem que ele pedia ao motorista para segurar uma espinha de peixe na boca e atirava certeiro, sem nunca ter errado aquele alvo.

                               Foto: Revista Bzzz, porte de arma de Raul Capitão

FONTE: BLOG DE CÍCERO DE LAJES