AMÉRICA/RN COM A MÃO NA TAÇA DO PRIMEIRO TURNO


Cascata. Esse foi o nome do jogo em Caicó, ontem à noite, no estádio Dinarte Mariz – Marizão. O meia foi o autor dos dois gols do América na vitória por 2 a 0 sobre o Coríntians, no primeiro jogo da final da Copa RN, no Campeonato Potiguar. As duas equipes voltam a se enfrentar domingo, em Goianinha, no estádio Nazarenão e o alvirrubro pode até perder pelo mesmo marcador que ainda assim será o campeão do turno.
Ilmo Gomes
Além da boa atuação do time do América como um todo e do meia Cascata, o goleiro Dida voltou a fazer belas defesas no alvirrubroAlém da boa atuação do time do América como um todo e do meia Cascata, o goleiro Dida voltou a fazer belas defesas no alvirrubro

Recebido com certa desconfiança por parte do torcedor americano, depois de ser ídolo do principal rival, Cascata tem conseguido, jogo a jogo, mostrar que sua contratação valeu o investimento da diretoria americana. Decisivo em outros jogos, principalmente pelos passes, dessa vez, na final, o jogador mostrou seu lado “matador”.

A postura americana, mesmo no início do jogo, não foi defensiva. Apesar de estar na casa do adversário, o América foi para o jogo, assim como o Coríntians. No entanto, foi o time natalense que se deu melhor. Aos 28 minutos, após o árbitro Ítalo Medeiros anotar a penalidade, Cascata foi para a cobrança e, com tranquilidade, abriu o marcador para os visitantes.
Ilmo Gomes
O técnico Roberto Fernandes acha que nada está ganhoO técnico Roberto Fernandes acha que nada está ganho

O gol parecia ter acordado o time da casa. Comandados pelo técnico Neto Maradona, os jogadores corintianos decidiram partir para cima do América. Pressionaram, acuaram o adversário e chegaram a dominar o meio de campo. No entanto, a noite era mesmo de Cascata. O meia fez uma bela jogada e acertou o travessão corintiano. O lance acalmou os ânimos do Alvirrubro e deu uma esfriada na equipe caicoense até o apito para o intervalo.

Mas, na volta para o segundo tempo, em desvantagem, o Corintians foi para o “tudo ou nada”. O resultado tornava a missão, para o jogo da volta em Goianinha, ainda mais difícil. O time caicoense chegou a dominar, mostrou volume de jogo, teve mais posse de bola, no entanto, o passe final não chegava com qualidade nos atacantes Didi e Ebinho. Dessa forma, o empate parecia ficar cada vez mais distante e a virada, que seria ideal para o Galo do Seridó, tornava-se a cada minuto uma missão impossível.
Junior Santos
Nos bares de Natal a torcida americana fez festa pelo resultadoNos bares de Natal a torcida americana fez festa pelo resultado

Diante disso, o América passou a explorar as fragilidades do rival. Tanto que, aos 17 minutos, Bruno tabelou com Cascata. O meia não titubeou e fez seu segundo gol no jogo.

Como não poderia ser diferente, o Corintians entrou em desespero e saiu para o ataque de forma desordenada. Aproveitando-se disso, o Alvirrubro de Natal toucou ainda mais a bola e segurou o resultado para decidir o título em vantagem, no estádio Nazarenão, domingo.

Ficha Técnica

Corintians - David, Everton (Ito Cruz), Fábio Seixas, Messinho e Índio; Ramon, Jozicley,  Leleu (Jorginho) e Thiago Santos (João Paulo); Didi e Ebinho. Técnico: Neto Maradona 

América - Dida, Norberto, Índio, Edson Rocha e Netinho; Ricardo Baiano, Fabinho, Daniel e Cascata (Jorge Santos); Tiago Adan (Bruno) e Índio Oliveira (Gláucio). Técnico: Roberto Fernandes

Estádio: Marizão
Público pagante: 2.397
Renda: R$ 37.150,00
Arbitragem: Ítalo Medeiros de Azevedo; Flávio Gomes Barroca e Vinicius Melo de Lima.


fonte: Tribuna do Norte


NOTA DO BLOG: Belíssima vitória do América, nunca é fácil jogar contra o Corintians em Caicó. 

O mais importante é que com provável conquista do primeiro turno o MECÃO assegura uma das duas vagas da Copa do Nordeste do próximo ano, assim como uma das três vagas do RN para Copa do Brasil 2014.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MEGA-SENA ACUMULOU