quinta-feira, 28 de março de 2013

AMÉRICA/RN COM A MÃO NA TAÇA DO PRIMEIRO TURNO


Cascata. Esse foi o nome do jogo em Caicó, ontem à noite, no estádio Dinarte Mariz – Marizão. O meia foi o autor dos dois gols do América na vitória por 2 a 0 sobre o Coríntians, no primeiro jogo da final da Copa RN, no Campeonato Potiguar. As duas equipes voltam a se enfrentar domingo, em Goianinha, no estádio Nazarenão e o alvirrubro pode até perder pelo mesmo marcador que ainda assim será o campeão do turno.
Ilmo Gomes
Além da boa atuação do time do América como um todo e do meia Cascata, o goleiro Dida voltou a fazer belas defesas no alvirrubroAlém da boa atuação do time do América como um todo e do meia Cascata, o goleiro Dida voltou a fazer belas defesas no alvirrubro

Recebido com certa desconfiança por parte do torcedor americano, depois de ser ídolo do principal rival, Cascata tem conseguido, jogo a jogo, mostrar que sua contratação valeu o investimento da diretoria americana. Decisivo em outros jogos, principalmente pelos passes, dessa vez, na final, o jogador mostrou seu lado “matador”.

A postura americana, mesmo no início do jogo, não foi defensiva. Apesar de estar na casa do adversário, o América foi para o jogo, assim como o Coríntians. No entanto, foi o time natalense que se deu melhor. Aos 28 minutos, após o árbitro Ítalo Medeiros anotar a penalidade, Cascata foi para a cobrança e, com tranquilidade, abriu o marcador para os visitantes.
Ilmo Gomes
O técnico Roberto Fernandes acha que nada está ganhoO técnico Roberto Fernandes acha que nada está ganho

O gol parecia ter acordado o time da casa. Comandados pelo técnico Neto Maradona, os jogadores corintianos decidiram partir para cima do América. Pressionaram, acuaram o adversário e chegaram a dominar o meio de campo. No entanto, a noite era mesmo de Cascata. O meia fez uma bela jogada e acertou o travessão corintiano. O lance acalmou os ânimos do Alvirrubro e deu uma esfriada na equipe caicoense até o apito para o intervalo.

Mas, na volta para o segundo tempo, em desvantagem, o Corintians foi para o “tudo ou nada”. O resultado tornava a missão, para o jogo da volta em Goianinha, ainda mais difícil. O time caicoense chegou a dominar, mostrou volume de jogo, teve mais posse de bola, no entanto, o passe final não chegava com qualidade nos atacantes Didi e Ebinho. Dessa forma, o empate parecia ficar cada vez mais distante e a virada, que seria ideal para o Galo do Seridó, tornava-se a cada minuto uma missão impossível.
Junior Santos
Nos bares de Natal a torcida americana fez festa pelo resultadoNos bares de Natal a torcida americana fez festa pelo resultado

Diante disso, o América passou a explorar as fragilidades do rival. Tanto que, aos 17 minutos, Bruno tabelou com Cascata. O meia não titubeou e fez seu segundo gol no jogo.

Como não poderia ser diferente, o Corintians entrou em desespero e saiu para o ataque de forma desordenada. Aproveitando-se disso, o Alvirrubro de Natal toucou ainda mais a bola e segurou o resultado para decidir o título em vantagem, no estádio Nazarenão, domingo.

Ficha Técnica

Corintians - David, Everton (Ito Cruz), Fábio Seixas, Messinho e Índio; Ramon, Jozicley,  Leleu (Jorginho) e Thiago Santos (João Paulo); Didi e Ebinho. Técnico: Neto Maradona 

América - Dida, Norberto, Índio, Edson Rocha e Netinho; Ricardo Baiano, Fabinho, Daniel e Cascata (Jorge Santos); Tiago Adan (Bruno) e Índio Oliveira (Gláucio). Técnico: Roberto Fernandes

Estádio: Marizão
Público pagante: 2.397
Renda: R$ 37.150,00
Arbitragem: Ítalo Medeiros de Azevedo; Flávio Gomes Barroca e Vinicius Melo de Lima.


fonte: Tribuna do Norte


NOTA DO BLOG: Belíssima vitória do América, nunca é fácil jogar contra o Corintians em Caicó. 

O mais importante é que com provável conquista do primeiro turno o MECÃO assegura uma das duas vagas da Copa do Nordeste do próximo ano, assim como uma das três vagas do RN para Copa do Brasil 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário