sexta-feira, 31 de maio de 2013

ABERTA CPI CONTRA PREFEITO DE IELMO MARINHO

A Câmara Municipal de Ielmo Marinho decidiu abrir uma Comissão Especial de Inquérito para apurar denúncias de irregularidades contra o prefeito Bruno Patriota. Dos nove vereadores da Casa, seis aprovaram a criação da CPI. Votaram a favor: Joseni, Leto, Tarcisio Jr, Francisca Soares (Peba), Junior do Mercadinho e Bastinho. Na próxima segunda-feira (03) em sessão extraordinária serão definidos os três membros da comissão.
Um fato chegado ao Blog do Marcos Dantas é que a CPI foi solicitada à Câmara por uma pessoa da própria comunidade, a Ana Késia Ferreira Guedes, residente no Conjunto Ribeirão em Ielmo Marinho. Sob o argumento de que o “prefeito deita e rola em verbas públicas em seu próprio benefício, consubstanciando-se assim em atos de improbidade administrativa, e constituindo-se em verdadeira lesão aos princípios norteadores da Administração Pública”, a cidadã pediu a abertura da CPI na Câmara.
Um documento enviado por Ana Késia à Câmara diz que Bruno Patriota autorizou diversas contratações irregulares de empresas prestadoras de serviços ao arrepio da falta de dotação orçamentária suficiente às respectivas contratações. Que maculou os ditames legais das licitações das obras de reformas das escolas municipais, das estradas vicinais, do calçamento do Conjunto Cidade Verde, dos ônibus de transportes escolares, dos combustíveis, dos veículos, dentre outros. No final do documento enviado à Câmara, Ana Késia pede claramente a cassação do mandato do prefeito Bruno Patriota.
Dessa maneira, não resta dúvidas o que se esconde nas brumas das contas municipais: os atos de improbidade administrativa inerentes ao cargo, desta feita, se utilizando das verbas públicas em benefício próprio (enriquecimento ilícito); causando prejuízo ao erário, ante falta de respeito aos basilares da Administração Pública”, diz o documento. CLIQUE AQUI e acompanhe na íntegra.

Marcos Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário