STF DECIDIU PELA MANUTENÇÃO DA PRISÃO DO DEPUTADO DANIEL SILVEIRA

 O ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), justificou o voto a favor da manutenção da prisão em flagrante do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), realizada ontem (16), dizendo que o crime foi "reiterado ao longo do dia". Nesta tarde, em uma sessão rápida, os ministros do STF votaram, por unanimidade, pela continuidade da prisão do parlamentar.

Considero que a flagrância se caracteriza pelo fato de a prisão ter sido decretada no mesmo dia, pouco tempo após o cometimento do crime - crime este que foi reiterado ao longo do dia, inclusive no momento da prisão.Luís Roberto Barroso, ministro do STF

Uol

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MEGA-SENA ACUMULOU