sábado, 15 de junho de 2019

RN: FÁTIMA DECIDIU ENCERRAR O COMITÊ DE NEGOCIAÇÃO SALARIAL

A governadora Fátima Bezerra (PT) decidiu encerrar o comitê de negociação salarial, grupo que reunia representantes dos principais sindicatos de servidores do Rio Grande do Norte e vários secretários estaduais da atual administração. O objetivo inicial de criação do colegiado era discutir a elaboração do calendário de pagamento dos vencimentos do funcionalismo público estadual para o exercício de 2019.


A decisão assinada pelo secretário chefe da Casa Civil, Raimundo Alves, revogando a portaria 109 que criou o comitê está no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (14), mesmo dia em que os sindicatos convocaram atos em protesto contra a reforma da Previdência em todo o país, no que eles estão chamando como "greve geral".


O Comitê de negociação nasceu a partir da "necessidade de promover a democratização das relações de trabalho e a valorização dos serviddores públicos por meio da negociação coletiva permanente", conforme explicava o próprio Raimundo na portaria que agora perde a validade.


Conforme o texto origial, o grupo era formado por representantes da Secretaria de Planejamento, Tributação e Administração, além das entidades SINDIFERN, SINTE-RN, SINSP, SINDSAÚDE, SINPOL, SINDASP e SINAI. Inicialmente, a coordenação dos trabalhos desta Comissão ficaria a cargo do representante da Secretaria de Planejamento. 

O Gabinete Civil do Governo do Estado informou ao GRANDE PONTO que o fim do Comitê de negociação salarial foi um pedido do próprio Fórum de Sindicatos durante o último encontro das entidades com membros da administração estadual. Os sindicalistas teriam explicado não haver necessidade da permanência do Comitê, diante da mesa permanente de negociação criada pelo Governo. Como a criação do Comitê também foi um pedido do Fórum, o Governo aceitou encerrar o colegiado. 

GRANDE PONTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário