COLUNA DE VICENTE SEREJO

 RENÚNCIA – O potiguar Dom Francisco Canindé Palhano, o bispo da Diocese de Petrolina, em Pernambuco, completou 75 anos e, por isso, encaminhou ao Papa Francisco sua Carta de Renúncia.

RITMO – São várias as sucessões episcopais no Regional Nordeste II. Em Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte (Natal e Mossoró), Ceará e Maceió. Todas as mudanças ao longo de um ano.

GESTO – O professor Armando Holanda, temendo pela integridade e preservação das urnas com os restos mortais e comendas de Augusto Severo, o pioneiro, contratou e patrocinou a blindagem.

ONDE – As urnas estão depositadas numa sala do Ferreiro Torto, em Macaíba, e a blindagem feita com rigor técnico, fixada a lazer e destinada a resistir a qualquer tentativa de roubo, tiro e violação.
EXEMPLO – A Comissão Norte-Rio-Grandense de Folclore foi a única instituição cultural que lembrou os 120 anos de Chico Antônio, o cantador de coco tão consagrado por Mário de Andrade.

ALIÁS – Embora tombada pelo Conselho Estadual de Cultura, quando de sua morte, sua casa, nas barrancas do Rio Curimataú, virou uma ruína. Sequer mereceu as atenções das entidades culturais.

POESIA – De Carlos Drummond de Andrade os versos finais do poema ‘Os Ombros suportam o mundo’: “Chegou um tempo em que a vida é uma ordem. / A vida apenas, sem mistificação”.

BONDADE – De Nino, o filósofo melancólico do Beco da Lama olhando a doce sombra da noite, depois do quinto uísque lavando a garganta: “A pureza de espírito é a alma da bondade humana”.

CAMARIM

PROUST – Lançado na França, pela Classiques Garnier, ‘Três Leituras Brasileiras de Proust’, de Fellipe Mauro. A influência em três obras de brasileiros: ‘Baú de Ossos’ (1972), de Pedro Nava; ‘Labirinto’ (1978), de Jorge Andrade (1978) e ‘A Menina do Sobrado’, de Cyro dos Anjos (1979).

AUTOR – Fillipe Mauro, o autor, é doutor pela Sorbonne e apresentou a tese, originalmente, na Universidade de São Paulo, mas a edição foi lançada na França, onde é professor. O título faz parte da Bibliothèque Proustienne, com prefácio de Étienne Sauthier, um especialista em Marcel Proust.

ALECRIM – A notícia não teria tanto interesse local se da bibliografia não fizesse parte a segunda edição de ‘Província Submersa’, de Otacílio Alecrim, com seis longas citações, e uma referência a Câmara Cascudo. Edição apresentada por Ivan Maciel e introdução deste cronista provinciano.

Comentários