EX-PRESIDENTE DO CHILE MORREU AFOGADO

 A autópsia realizada no corpo de Sebastián Piñera confirmou que o ex-presidente do Chile morreu afogado. De acordo com informações do portal chileno La Tercera, o exame aponta a causa da morte como “asfixia por submersão”.

A autópsia é de responsabilidade do Serviço Médico Legal (SML) de Valdivia. De acordo com a promotora regional de Los Ríos, Tatiana Esquivel, perícias também são realizadas no helicóptero, para determinar as circuntâncias do acidente.

Sebastián Piñera morreu em um acidente aéreo nessa terça-feira (6/2). A principal suspeita é que a queda do helicóptero em que estava tenha relação com as condições climáticas do local. Chovia bastante na região no momento da queda.

A queda ocorreu em Lago Ranco, que pertence à província de Ranco, na Região de Los Rios, no Chile. Na aeronave, estavam quatro pessoas. Como detalhou o governo do país, três delas conseguiram sair da aeronave, o que não foi o caso do ex-presidente.

Teriam conseguido deixar a aeronave os passageiros: Magdalena Piñera, irmã de Piñera; Ignacio Guerrero, empresário; e Bautista Guerrero, filho de Ignacio.

Metropoles

Fonte: Blog do Gustavo Negreiros

Comentários