escritório

escritório

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

GAFE DE HENRIQUE ALVES


A coluna de Felipe Patury da Época destaca que há dez dias durante encontro com o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, o prefeito da capital, Eduardo Paes, e os deputados federais fluminenses, o líder do PMDB e candidato à presidência da Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), cometeu uma gafe e pode ter perdido um voto para a sua eleição.
Ao encontrar Paes, em tom de brincadeira Alves pediu ao prefeito que exonerasse os secretários municipais Rodrigo Betley (PMDB) e Pedro Paulo (PMDB), deputados federais, para conseguir mais dois votos e garantir a vitória na campanha pela presidência da Câmara. Alves não percebeu que, ao fazer a brincadeira, tinha ao lado do prefeito o deputado Deley, suplente que assumiu o mandato em uma das duas vagas, e teve que pedir desculpas na hora. Deley, ex-jogador do Fluminense, é voto certo no concorrente Júlio Delgado (PSB-MG).

Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário