STF LIBEROU 46 ACUSADOS DE PARTICIPAÇÃO NO RIA 08 DE JANEIRO

 O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu, nesta segunda-feira (18/12), liberdade provisória a 46 acusados de participação nos atos antidemocráticos que culminaram na depredação e invasão das sedes dos Três Poderes, em Brasília, no dia 8 de janeiro.

A decisão de Moraes se baseou nos acordos firmados entre a Procuradoria-Geral da República (PGR) e 46 réus que estavam acampados em frente aos quartéis do Exército, mas não participaram das invasões aos prédios públicos.

Os acusados, agora em liberdade provisória, deverão cumprir medidas cautelares, como o uso de tornozeleira eletrônica, suspensão do porte de arma de fogo e cancelamento do passaporte.

Segundo o STF, das mais de 2.000 pessoas presas em decorrência dos atos de 8/1, apenas 66 seguem detidas.

Os acusados firmaram um Acordo de Não Persecução Penal (ANPP), em que devem confessar a prática delituosa e cumprir determinadas condições. No caso dos réus do dia 8/1, eles deverão prestar 300 horas de serviços a comunidades ou entidades públicas, além de participar, presencialmente, de um curso sobre Democracia, Estado de Direito e Golpe de Estado.

Com informações do Metrópoles

Fonte: Portal Grande Ponto

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MEGA-SENA ACUMULOU